Catedral de Oeiras inicia a Quaresma com Missa de Cinzas e abertura da Campanha da Fraternidade

Compartilhe:

Na noite desta quarta-feira (02,03,2022) foi realizada na Paróquia de Nossa Senhora da Vitória, a Missa das Cinzas, que marca o início do tempo Quaresmal e na ocasião a Abertura da Campanha da Fraternidade 2022. Esse ano a Campanha da Fraternidade tem como tema “Fraternidade e Educação” e o lema ” Fala com sabedoria e ensina com amor” ( Pr 31,26).
A celebração Eucarística foi presidida pelo bispo Diocesano Dom Edilson Nobre e concelebrada pelo Pe. Possidônio Barbosa, Pároco da Paróquia Catedral, Pe. José Francisco,  vigário paroquial e o Senhor Gutemberg Rocha.
Na sua homilia Dom Edilson ressaltou e fez memória do tempo da quaresma lembrando a todos que viver a experiência da quaresma é um tempo rico, propício, oportuno que pode nos ajudar na nossa conversão e a fazermos o caminho da santidade, da busca profunda de Deus e consequentemente também celebrar o sentido mais profundo da quaresma, que é a vitória plena de Nosso Senhor Jesus Cristo, a sua ressurreição. Continuou falando que com esse tempo propicio de mudança e conversão, é necessário fazer algumas práticas para que nossa mudança de fato aconteça e que essas práticas não podem ser feitas de qualquer forma, que devem ser realizadas com profundo zelo e respeito. As três práticas que Jesus pede de nós conforme o evangelho que ouvimos são: a esmola, a oração e o jejum. Muitos praticam mais as vezes é importante perceber que nossa prática não seja semelhante a prática dos mestres da lei que de certo modo agem de uma forma inadequada e Jesus pede de cada um de nós que não sejamos hipócritas. Ainda em sua homilia, Dom Edison destacou a importância da Campanha da Fraternidade, que traz como tema para também refletirmos e procurar observar como está acontecendo a educação em nossa sociedade, em nossa casa, a educação de nossos filhos, a educação formal e informal e qual o nosso comportamento com essa educação e ainda se essa educação proporciona uma vida nova, liberta e leva as pessoas a ter uma perspectiva de vida melhor. Relembrou que as cinzas em nossa cabeça é um simbolismo que nos ajuda a entender o convite que Deus nos faz “lembra-te que és pó e que ao pó tu voltarás” ou ainda “convertei-vos e credes no evangelho”.
A Santa Missa prosseguiu com a distribuição de cinzas aos fiéis, que animados e num espirito de fé e de oração, se preparam para viver o tempo da quaresma com profundo discernimento de mudança e transformação.

Por: Dalva Carvalho

Fotos: Ceiça Campos

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts