Um mundo a ser transfigurado

Compartilhe:

O mundo, criado por Deus, segue, sendo melhorado, em muitos aspectos, para o bem da sobrevivência e da convivência humana. Grandes são as mudanças e transformações. Mas, nem tudo são flores. Grande parte da intervenção humana, no mundo, tem deixado um rastro de destruição. Por causa disso, o mundo está desfigurado.

Desfigurado é sinônimo de deturpado, alterado, afetado, transtornado, deformado, adulterado. Desfigurado, é a situação de algo ou de alguém que está irreconhecível por causa de uma intervenção danosa. No caso da fauna e flora: desmatamento, extrativismo, caça predatória, poluição dos rios, uso indiscriminado de agrotóxicos, urbanização sem critério, descuido com o lixo… No caso da pessoa humana: acidente, cirurgia, violência, idade, doença, trauma, mordida de animal, sofrimento, cansaço, dor…

Notícia recente dos meios de comunicação em 7/02/2015: “Segue o drama de Celso Santebañes, o Ken Humano. O modelo, que sofre de leucemia e está internado desde o início de janeiro, permanece na UTI do Hospital das Clínicas de Uberlândia, em Minas Gerais. De acordo com Vilmar Aleixo, tio do rapaz, a aparência de Celso – cujo estado de saúde se agravou na semana passada e está em coma – também choca os familiares. ‘Ele está desfigurado, muito inchado. Quem o conhece tem um choque porque meu sobrinho está irreconhecível’, conta Vilmar.” (www.ego.globo.com/famosos/tudo-sobre/ken-humano).

O modelo Celso Santebañes, de 20 anos, que ficou conhecido como ‘Ken Humano’ por fazer diversas intervenções estéticas para ficar parecido com o boneco que faz par com a Barbie.

O caso deste rapaz é sintomático. Revela uma gravíssima situação de desfiguração do sentido da vida. Em outras palavras, o esvaziamento da transcendência subjacente a toda obra de Deus.

Os traços das mãos de Deus continuam presentes em todas as coisas e seres criados. Sendo assim, tudo o que existe manifesta, em seu ser, a presença de Deus. Isso deveria servir como parâmetro de respeito, amor e cuidado. Mas, não! O secularismo invadiu as mentalidades, práticas e consciências. Além de propagandear e desconsiderar a relevância da religião e da incidência religiosa para a compreensão do mundo e das coisas, fez crescer a perda do temor a Deus e, por conseguinte, a perda do valor de transcendência do mundo, das coisas e das pessoas.

Conclusão: as intervenções humanas, em vista de qualidade de vida “x”, ao invés de melhorar a vida, acaba desfigurando a vida. Por que? Porque não levam mais, em conta, a transcendência da vida. Não veem os traços das mãos de Deus na obra criada. Banalizam os valores. Ignoram a força de vida presente nas coisas, no mundo e nas pessoas.

A Palavra de Deus conta que Jesus se transfigurou. Profetismo (denúncia e anúncio) de um mundo a ser transfigurado: “Seis dias depois, Jesus levou consigo Pedro, Tiago e João e os fez subir a um lugar retirado, no alto de uma montanha, a sós. Lá, ele foi transfigurado diante deles. Sua roupa ficou muito brilhante, tão branca como nenhuma lavadeira na terra conseguiria torná-la assim. Apareceram-lhes Elias e Moisés, conversando com Jesus. Pedro então tomou a palavra e disse a Jesus: ‘Rabi, é bom ficarmos aqui. Vamos fazer três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias’. Na realidade, não sabia o que devia falar, pois eles estavam tomados de medo. Desceu, então, uma nuvem, cobrindo-os com sua sombra. E da nuvem saiu uma voz: ‘Este é o meu Filho amado. Escutai-o!’. E, de repente, olhando em volta, não viram mais ninguém: só Jesus estava com eles. Ao descerem da montanha, Jesus ordenou-lhes que não contassem a ninguém o que tinham visto, até que o Filho do Homem ressuscitasse dos mortos. Eles ficaram pensando nesta palavra e discutiam entre si o que significaria esse ‘ressuscitar dos mortos’”  (Mc 9, 2-10).

A voz do Pai criou o mundo! Tudo o que ele fez ganhou o selo de ‘bem feito’. A voz do Filho Amado recria! Tudo o que ele fez ganhou o selo de ‘reconfiguração’.

Pe. Edivaldo Pereira dos Santos – Dia 25/02/2015.

 

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts

QUEM SE CALA…

Todos nós temos responsabilidade no bem ou no mal do mundo.  Ninguém pode se considerar isento desta responsabilidade ou inocente em todas as situações. Com

“PAU PRA TODA OBRA”

  Algumas pessoas, como diz o ditado, são “pau pra toda obra”: são arrojadas, têm iniciativas, colaboram, são prestativas, têm disposição, são dinâmicas, têm coragem,