UM LONGO CAMINHO A PERCORRER

Compartilhe:

 

A experiência do caminho é algo extremamente forte na vida humana porque diz respeito não apenas sobre a realidade do caminho, mas, sobre a nossa condição de caminhantes. Não é à toa que temos duas pernas e dois pés.

Por um lado, considerando a caminhada como atividade física, que proporciona a locomoção, enxergamos um horizonte enorme dos espaços que podemos ter acesso.

Por outro lado, do ponto de vista existencial, a realidade do caminho na vida humana é bastante ampla, complexa e dinâmica porque sinaliza as relações interpessoais e põe a descoberto as diversas situações de atalhos, encruzilhadas, pedras de tropeço, pontes estreitas, buracos, distâncias, tempo, contratempo… e outros caminhantes.

Toda a nossa existência é marcada pelos passos que damos na vida.

Colocar-se a caminho não é uma simples questão de escolha, mas, de necessidade. Nós somos caminhantes. Caminhar é preciso! Disso ninguém pode se furtar. O que podemos, e isso é possível, é escolher qual o caminho. Isto sim!

No que diz respeito à escolha do caminho ou dos caminhos para a vida, não é uma tarefa muito fácil. Existe uma dificuldade objetiva em relação ao caminho, que as vezes parece ser o melhor e, na verdade, não é. E existe, também, uma dificuldade objetiva em relação ao sujeito que caminha, que as vezes parece maduro na escolha do caminho e, na verdade, não está.

O melhor caminho só chega na vida das pessoas com o tempo!  Não adianta pressa. Não adianta, também, querer acertar na primeira escolha. O tempo nos experimenta enquanto experimentamos o caminho.  Assim é que amadurecemos para a vida.

Não existe caminho pronto!

Na vida o caminho não é uma realidade físico-geográfica é existencial. Portanto, o  caminho é feito por quem caminha. O caminho se faz caminhando! O caminho do outro não serve para você e, nem tão pouco, o seu serve para o outro. O caminho pertence ao caminhante, mesmo quando caminhamos com os outros.

Na fé cristã, Jesus se autonomeia “o caminho, a verdade e a vida” como PONTO DE PARTIDA e “ir ao Pai” é o PONTO DE CHEGADA.

Somos chamados a fazer a experiência do Caminho.

Caminhar, na perspectiva cristã, é tornar-se um outro Cristo; fazer-se caminho enquanto caminha; encarnar na própria vida os atos de Jesus; viver segundo o Espírito de Deus; ter os mesmo sentimentos de Jesus.  “Tenham em vocês os mesmos sentimentos que havia em Jesus Cristo: Ele tinha a condição divina, mas não se apegou a sua igualdade com Deus. Pelo contrário, esvaziou-se a si mesmo, assumindo a condição de servo e tornando-se semelhante aos homens. Assim, apresentando-se como simples homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz! Por isso, Deus o exaltou grandemente, e lhe deu o Nome que está acima de qualquer outro nome; para que, ao nome de Jesus, se dobre todo joelho no céu, na terra e sob a terra; e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai” (Fl 2,5-11).

Embora chamados à experiência do Caminho, as vezes, caminhamos à esmo, às cegas. Noutras circunstâncias, abatidos pela fadiga ou pelo medo entramos em Crise de Orientação e não damos mais passos necessários.

Caminhar desinstala e gera crises, mas, somente voltando ao Ponto de Partida e recuperando as forças com um Bom Alimento é que se Retoma o sentido Original do Caminho no qual se quer caminhar.

Nossa vida, vocação, missão, passos, iniciativas, relacionamentos, religião…  será sempre infantil, ingênua e superficial quanto mais estivermos fechados às situações de crise. Só amadurecemos, em meio às inevitáveis crises, quando, dispostos pela fé, nos abrirmos à escuta e ao diálogo.

O caminho é longo, superior às nossas forças, mas, caminhar é preciso. Nós somos caminhantes.

* Uma dica: procure ler 1Rs 19,1-18 (primeiro livro dos reis, capítulo dezenove, versículo um ao dezoito)

 

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

FELIZ NATAL PARA O ANO NOVO!

Os meios de comunicação sempre prestam um importante serviço, enquanto mantêm as pessoas informadas. São milhares de informações presentes nas numerosas notícias.  Na medida em

LEIA MAIS

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts