SUA VIDA NÃO DEPENDE DOS SEUS BENS

Compartilhe:

Quanto vale a vida? Quanto vale a sua vida? Quanto vale a vida dos seus familiares, parentes e amigos?

Por acaso a vida vale pelo que se come, pelo que se bebe, pelo que se veste, pelo que se estuda, pelo que se compra, pelo que se vende; pelo que se fuma… pelo carro, pela casa, pelo cheque, pelo cartão de crédito… pelo poder, pelo status, pelo clube…?

Será que a vida não vale um pouco mais? Qual referência utiliza aquele que mede a vida por tão pouco? Que valores operam dentro de quem vê a vida tão pequena, tão subjugada às coisas, à matéria?

Essa, não é uma visão Cristã! Pelo contrário, é uma visão capitalista e, portanto, materialista e ‘coisificante’. A visão Cristã tem como pressuposto de valor a pessoa humana! Tudo, nesse mundo, tem seu valor relativo à pessoa humana!

Procure seguir a linha de raciocínio da Palavra de Deus exposta logo abaixo:

“Não confie em suas riquezas, nem diga: ‘Elas resolvem tudo’. Não siga o seu instinto nem a sua força, para satisfazer os seus caprichos. Não diga: ‘Quem me poderá dominar?’ Porque o Senhor castiga, e castigará você” (Eclo 5,1-30).

Com efeito, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, mas perder a sua vida? O que um homem pode dar em troca da sua vida?” (Mt 16,26).

“Atenção! Tenham cuidado com  qualquer tipo de ganância. Porque, mesmo que alguém

tenha muitas coisas, a sua vida não depende de seus bens” (Lc 12,15).

“Atenção! Todos os que estão com sede, venham buscar água. Venham também os que não têm dinheiro: comprem e comam sem dinheiro e bebam vinho e leite sem pagar. Por que gastar dinheiro com coisa que não alimenta, e o salário com aquilo que não traz fartura?” (Is 55,1-2).

“O Reino de Deus não é questão de comida ou bebida; é justiça, paz e alegria no Espírito Santo. Quem serve a Cristo nessas coisas, agrada a Deus e é estimado pelos homens. Portanto, busquemos sempre as coisas que trazem paz e edificação mútua” (Rm 14,17-19).

“Se vocês foram ressuscitados com Cristo, procurem as coisas do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus. Pensem nas coisas do alto, e não nas coisas da terra. Vocês estão mortos, e a vida de vocês está escondida com Cristo em Deus. Façam morrer aquilo que em vocês pertence à terra: fornicação, impureza, paixão, desejos maus e a cobiça de possuir, que é uma idolatria” (Cl 3,1-5).

“Ajuntem riquezas no céu, onde nem a traça nem a ferrugem corroem, e onde os ladrões não assaltam nem roubam. De fato, onde está o seu tesouro, aí estará também o seu coração” (Ma 5,20-21).

“Por isso é que eu lhes digo: não fiquem preocupados com a vida, com o que comer; nem com o corpo, com o que vestir. Afinal, a vida não vale mais do que a comida? E o corpo não vale mais do que a roupa?” (Mt 6,25).

“Portanto, não fiquem preocupados, dizendo: O que vamos comer? O que vamos beber? O que vamos vestir? Os pagãos é que ficam procurando essas coisas. O Pai de vocês, que está no céu, sabe que vocês precisam de tudo isso. Pelo contrário, em primeiro lugar busquem o Reino de Deus e a sua justiça, e Deus dará a vocês, em acréscimo, todas essas coisas. Portanto, não se preocupem com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá suas preocupações. Basta a cada dia a própria dificuldade” (Mt 6,31-34).

Repense, hoje mesmo, o valor da sua vida para que você realmente viva e “tenha vida em abundância” (Jo 10,10).

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

QUARESMA: OS TEMPOS MUDARAM!

  O que será que sobrou das nossas quartas-feiras de cinzas: Lembranças?  Saudades? Tradição? Medo? Dúvida? Apreensão? Será que toda essa história de quarta-feira de

LEIA MAIS

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts