Quem se aproxima vê melhor e se compromete!

Compartilhe:

Que história é essa de ficar longe?

Urge, em toda situação e realidade,

Especial proximidade humana,

Marcada pelo interesse do coração.

Sempre temos desculpas e ocupações.

Em tese, vinte e quatro horas é pouco.

Afirmar que distância é falta de tempo

Parece convencer, mas, não convence

Ridícula essa evasiva usando o tempo

Onde a desculpa prevalece ao ser no tempo

X” de questão nenhuma chama para perto

Infelizmente temos por bem não chegar…

Mentimos para que ninguém nos envolva.

Aproximação compromete e exige amor!

Vejam o caso dos mártires, na fé!

Eles vão ao limite do amor comprometido!

Misturam sua vida ao que creem e vivem…

Escolheram não a morte, mas a vida!

Livres em relação a tudo disseram SIM!

Hoje existem poucos mártires… que pena!

O pior, na verdade, é que cessou a profecia.

Rota sem destino é a fé sem profetas!

Esperamos muito da religião e pouco da fé!

Seguimos em frente empurrados pela devoção!

Enquanto isso prosperam a desordem e o mal!

Calar é um tempo bíblico, não o ficar mudo.

O ficar mudo é omissão, indiferença e medo.

Muitos perderam o comprometimento

Por falta de proximidade, antes, com a Palavra.

Resistiram à moção do Espírito Santo.

Ocuparam o coração com o próprio vazio.

Mendigam migalhas para satisfazer carências.

Eternizam dores que deviam estar no passado.

Triste sina de quem se mantém bem longe,

Expropriando o amor, embora o amor aproxima.

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts