Quanto vale a vida?

Compartilhe:

Quanto vale a vida? Quanto vale a sua vida? Quanto vale a vida dos seus familiares, parentes e amigos?

Por acaso a vida vale pelo que se come, pelo que se bebe, pelo que se veste, pelo que se estuda, pelo que se compra, pelo que se vende; pelo que se fuma… pelo carro, pela casa, pelo cheque, pelo cartão de crédito… pelo poder, pelo status, pelo clube…?

Será que a vida não vale um pouco mais? Qual referência utiliza aquele que mede a vida por tão pouco? Que valores operam dentro de quem vê a vida tão pequena, tão subjugada às coisas, à matéria?

Essa, não é uma visão Cristã! Pelo contrário, é uma visão capitalista e, portanto, materialista e ‘coisificante’. A visão Cristã tem como pressuposto de valor a pessoa humana! Tudo, nesse mundo, tem seu valor relativo à pessoa humana!

Procure seguir a linha de raciocínio da Palavra de Deus exposta logo abaixo:

“Não confie em suas riquezas, nem diga: ‘Elas resolvem tudo’. Não siga o seu instinto nem a sua força, para satisfazer os seus caprichos. Não diga: ‘Quem me poderá dominar?’ Porque o Senhor castiga, e castigará você” (Eclo 5,1-30).

“Quem gosta de dinheiro, nunca se sacia de dinheiro. Quem é apegado às riquezas, nunca se farta com a renda. Isso também é fugaz” (Ecl 5,9).

“Quando as riquezas aumentam, crescem também aqueles que as devoram. Que vantagem tem o proprietário, além de ficar sabendo que é rico?” (Ecl 5,10).

“Não confie nas riquezas injustas, porque elas não o ajudarão no dia da desgraça” (Eclo 5,8).

“Assim acontece com quem ajunta tesouros para si mesmo, mas não é rico para Deus” (Lc 12,21).

“Com efeito, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, mas perder a sua vida? O que um homem pode dar em troca da sua vida?” (Mt 16,26).

“Atenção! Tenham cuidado com  qualquer tipo de ganância. Porque, mesmo que alguém tenha muitas coisas, a sua vida não depende de seus bens” (Lc 12,15).

“Atenção! Todos os que estão com sede, venham buscar água. Venham também os que não têm dinheiro: comprem e comam sem dinheiro e bebam vinho e leite sem pagar. Por que gastar dinheiro com coisa que não alimenta, e o salário com aquilo que não traz fartura?” (Is 55,1-2).

“O Reino de Deus não é questão de comida ou bebida; é justiça, paz e alegria no Espírito Santo. Quem serve a Cristo nessas coisas, agrada a Deus e é estimado pelos homens. Portanto, busquemos sempre as coisas que trazem paz e edificação mútua” (Rm 14,17-19).

“Se vocês foram ressuscitados com Cristo, procurem as coisas do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus. Pensem nas coisas do alto, e não nas coisas da terra. Vocês estão mortos, e a vida de vocês está escondida com Cristo em Deus. Façam morrer aquilo que em vocês pertence à terra: fornicação, impureza, paixão, desejos maus e a cobiça de possuir, que é uma idolatria” (Cl 3,1-5).

“Ajuntem riquezas no céu, onde nem a traça nem a ferrugem corroem, e onde os ladrões não assaltam nem roubam. De fato, onde está o seu tesouro, aí estará também o seu coração” (Ma 5,20-21).

“Ninguém pode servir a dois senhores. Porque, ou odiará a um e amará o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e às riquezas” (Mt 5,24).

“Por isso é que eu lhes digo: não fiquem preocupados com a vida, com o que comer; nem com o corpo, com o que vestir. Afinal, a vida não vale mais do que a comida? E o corpo não vale mais do que a roupa?” (Mt 6,25).

Repense, hoje mesmo, o valor da sua vida para que você realmente viva e “tenha vida em abundância” (Jo 10,10).

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

A AMIZADE DE DEUS

  Nosso Senhor, o Verbo de Deus, que primeiro atraiu os homens para serem servos de Deus, libertou em seguida os que lhe estavam submissos,

LEIA MAIS

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts