PROVÉRBIOS QUE AJUDAM A VIVER

Compartilhe:

O provérbio é uma frase curta, bem construída, que expressa uma verdade adquirida através da experiência e que se impõe pela forma breve e pela agudez das observações.

Os provérbios são ensinamentos deduzidos da experiência que o povo tem da vida. Sua finalidade é instruir, esclarecendo situações de perplexidade e fornecendo orientações para a vida humana, com as setas de uma estrada (Pr 1,1-7 e comentário da Bíblia edição pastoral).

Nós encontramos no livro dos provérbios um verdadeiro resumo da sabedoria de Israel. Vale a pena conferir esta sabedoria para instruir a nossa própria vida.

Conselhos diversos (Pr 22,1.8-9.16). É muito melhor o tem um bom nome do que muitas riquezas; e a simpatia é melhor do que a prata e o ouro. Quem semeia a injustiça colhe a desgraça; a vara do castigo acabará com ele. O generoso será abençoado, porque reparte o seu pão com o pobre. Quem oprime o fraco para se enriquecer, acaba entregando tudo ao rico e empobrecendo.

Observe estas instruções (Pr 22,22-27). Não explore o fraco por ser fraco, nem oprima o pobre no tribunal, porque Javé defenderá a causa dele e tirará a vida daqueles que os tiverem oprimido. Não se junte com uma pessoa colérica, nem freqüente gente raivosa. Você poderá acostumar-se com o modo delas e criar uma armadilha para si mesmo. Não seja como aqueles que se compromete facilmente, tornando-se fiador de dívidas. Se você não tiver com o que pagar, eles tomarão até a cama onde você dorme.

Você tem muito o que aprender (Pr 23,4-5.9.12-14). Não se empenhe em adquirir riqueza, nem gaste sua inteligência com isso, pois basta você olhar, ela não existe mais: baterá as asas como águia e voará pelo céu. Não perca tempo falando com nenhum insensato, porque ele vai desprezar suas palavras sábias. Discipline sua mente e preste atenção aos conselhos da experiência. Não deixe de disciplinar o jovem. Se você o corrigir com vara, ele não morrerá. Quanto a você, corrija com vara o jovem, e o estará livrando da morte.

É preciso ir além (Pr 23,17-25). Não tenha inveja dos pecadores, mas tenha sempre o Temor de Javé, pois é certo que assim você terá futuro e, sua esperança não fracassará. Escute, meu filho: torne-se sábio e forme bem a sua mente. Não se junte aos beberrões, nem ande com os comilões, pois o beberrão e o comilão empobrecem e o dorminhoco se veste com trapos. Dê ouvidos a seu pai, porque ele gerou você e não despreze a velhice de sua mãe. Compre a verdade e não venda a sabedoria, a disciplina e a inteligência. O pai justo ficará contente, e quem gera um filho sábio se alegrará. Que seu pai e sua mãe se alegrem e fique contente aquela que gerou você

Para a sede só a água (Pr 23,29-35). Para quem são os gemidos? Para quem são os lamentos? Para quem as brigas? Para quem as queixas? Para quem os ferimentos sem motivo? Para quem os olhos vermelhos? São para aqueles que bebem o dia inteiro e vivem procurando bebidas misturadas.

Não fique fascinado pelo vinho, vendo sua cor e seu brilho, enquanto escorre suavemente pelo copo.  No fim ele morde como cobra e fere como víbora. Então, seus olhos verão coisas estranhas e sua mente imaginará coisas absurdas. Você ficará como quem está deitado em alto mar ou sentado no topo de um mastro. ‘Bateram em mim e eu não senti nada! Eles me deram uma surra e eu nem percebi. Quando me levantar vou continuar a beber’.

Discernir pela sabedoria (Pr 24,1-6.10). Não tenha inveja dos maus, nem deseje viver com eles, porque o coração deles trama violência, e seus lábios só falam maldade. Com a sabedoria se constrói a casa, e com a prudência ela se firma. Pelo conhecimento, os quartos ficam cheios de bens preciosos e agradáveis. É melhor ser sábio que ser forte, e o conhecimento vale mais que a força. É com estratagemas que se faz a guerra e a vitória depende do número de conselheiros. Se você fraqueja no dia da desgraça, é sinal de que a sua força é bem pequena.

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

PRECISAMOS DE ÉTICA

Hoje, mais do que nunca, precisamos rever as nossas escolhas, posições e atitudes em base às exigências próprias da ética. Por termo-nos afastado da ética

LEIA MAIS

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts