Prioridades na vida

Compartilhe:

Saber priorizar é a grande chave da vida. Quem prioriza não perde tempo, evita desgastes emocionais, insônia, sobrecarga e frustração. Porque, ao não priorizar a pessoa se envolve numa série de pequenas coisas e atividades desnecessárias que, fatalmente, despotencializam seus sonhos e projetos, além de minar suas fontes de energia.

Mas, para priorizar é preciso ter uma hierarquia de valores que respalda o discernimento, as escolhas e as decisões a todo momento da vida.

Veja esta história:

“Um consultor, especialista em GESTÃO DO TEMPO, quis surpreender a assistência numa conferência. Tirou debaixo da mesa um frasco grande de boca larga. Colocou-o em cima da mesa, junto de uma bandeja com pedras do tamanho de um punho e perguntou: ‘Quantas pedras pensam que cabem neste frasco?’

Depois dos presentes fazerem as suas conjecturas, começou a colocar pedras até que encheu o frasco. Depois perguntou:

– ‘Está cheio?’ – Toda a gente olhou para o frasco e concordou que sim. Então o consultor tirou debaixo da mesa um saco com pedrinhas muito pequenas. Colocou uma parte das pedrinhas dentro do frasco e agitou-o. As pedrinhas penetraram pelos espaços que deixavam as pedras grandes. O consultor sorriu com ironia e repetiu:

– ‘Está cheio?’ – Desta vez os ouvintes duvidaram e responderam com cautela:

– ‘Talvez não.’ – disseram eles.

– ‘Muito bem!’ – respondeu o consultor.

Depois pousou na mesa um saco com areia que começou a despejar no frasco. A areia infiltrava-se nos pequenos buracos deixados pelas pedras e pelas pedrinhas.

– ‘Está cheio?’ – perguntou de novo.

– ‘Não!’, exclamaram os presentes.

Então o consultor pegou uma jarra de água e começou a derramar para dentro do frasco. O frasco absorvia a água sem transbordar

– ‘Bom, o que acabamos de demonstrar?’, perguntou o consultor.

Um ouvinte respondeu:

‘Isso quer demonstrar que, não importa o quão cheia está a nossa agenda! Se quisermos, sempre conseguimos fazer com que caibam mais coisas.’

– ‘Não!’, concluiu o especialista.

– ‘O que esta lição nos ensina é que se não colocarem as pedras grandes primeiro, nunca poderão colocá-las depois. E quais são as grandes pedras nas nossas vidas? Perguntou ele para, em seguida, responder:

– ‘As grandes pedras são: a pessoa amada, os nossos filhos, os amigos, os nossos sonhos e desejos, a nossa saúde. Lembrem-se: ponham-nos sempre primeiro. O resto encontrará o seu lugar.’”

Eis o que diz a Palavra de Deus (Mt 6,25-34):

“Por isso é que eu lhes digo: não fiquem preocupados com a vida, com o que comer; nem com o corpo, com o que vestir. Afinal, a vida não vale mais do que a comida? E o corpo não vale mais do que a roupa? Olhem os pássaros do céu: eles não semeiam, não colhem, nem ajuntam em armazéns. No entanto, o Pai que está no céu os alimenta. Será que vocês não valem mais do que os pássaros? Quem de vocês pode crescer um só centímetro, à custa de se preocupar com isso? E por que vocês ficam preocupados com a roupa? Olhem como crescem os lírios do campo: eles não trabalham nem fiam. Eu, porém, lhes digo: nem o rei Salomão, em toda a sua glória, jamais se vestiu como um deles. Ora, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é queimada no forno, muito mais ele fará por vocês, gente de pouca fé. Portanto, não fiquem preocupados, dizendo: O que vamos comer? O que vamos beber? O que vamos vestir? Os pagãos é que ficam procurando essas coisas. O Pai de vocês, que está no céu, sabe que vocês precisam de tudo isso. Pelo contrário, em primeiro lugar busquem o Reino de Deus e a sua justiça, e Deus dará a vocês, em acréscimo, todas essas coisas. Portanto, não se preocupem com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá suas preocupações. Basta a cada dia a própria dificuldade.”

 

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts