Papa Francisco afirma que devemos “rezar pelos nossos inimigos”

Compartilhe:

Terça-feira, 14 de junho – na Missa em Santa Marta o Papa Francisco colocou em evidência a oração que se faz por aqueles que “nos querem mal” e afirmou que com essa oração somos “mais filhos do Pai”.

Tomando como estímulo da sua reflexão o Evangelho do dia proposto por S. Mateus, o Santo Padre recordou que Jesus inicia a sua pregação, ostracizado pelos seus adversários e num tempo em que a “explicação da Lei” estava “em crise”.

Segundo Francisco a explicação dos Doutores da Lei era demasiado teórica e casuística. “No centro estavam os casos” – assinalou o Papa que sublinhou que Jesus “retoma o verdadeiro sentido da Lei para levá-la à sua plenitude”.

É a nova luz que Jesus dá aos Mandamentos demonstrando que o amor é “mais generoso do que as palavras da lei” – disse o Papa que salientou a perfeição que Jesus indica no texto de Mateus neste dia: “Amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem”. Francisco no final da sua homilia afirmou que esta oração é poderosa pois melhora os inimigos e faz-nos mais filhos do Pai:

“Que o Senhor nos dê a graça, apenas esta: rezar pelos nossos inimigos; rezar por aqueles que nos desejam mal, que não nos querem bem; rezar por aqueles que nos ferem, que nos perseguem. E cada um de nós sabe o nome e o apelido: rezar por isto… Garanto-vos que esta oração vai fazer duas coisas: ele vai melhorar, porque a oração é poderosa, e nós seremos mais filhos do Pai”.

 

Fonte: ://pt.radiovaticana.va/

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts