PALAVRA PARA O CORAÇÃO!

Compartilhe:

 

Para-choques de caminhão exibem frases ou ditos populares com mensagens, provocações, piadas, desabafos e desafios.

Muros, calçadas, árvores, bancos de praça ou de igreja, camisetas, bandeiras, bonés, carros… são, também, espaços privilegiados para as diversas manifestações de sentimentos, ideologias, fé, propaganda e marketing.

Seja como for, a criatividade humana faz de todo o qualquer espaço um outdoor para se manifestar ao mundo.

Na Sagrada Escritura, marcas profundas são, também, deixadas na pedra, na mão, no turbante… como sinal: “Eu tatuei você na palma da minha mão” (Is 49,16); “Foram essas as palavras que Javé dirigiu em alta voz (…). Sem nada acrescentar, Javé as gravou sobre duas tábuas de pedra e as entregou a mim” (Dt 5,22); “O pecado de Judá está escrito com estilete de ferro, está gravado com ponta de diamante na pedra do seu coração e também nas pontas de seus altares” (Jr 17,1); “Sobre o turbante, trazia uma coroa de ouro, na qual estava gravada a inscrição sagrada, uma insígnia de honra, obra magnífica, um enfeite que delicia os olhos” (Eclo 45.12).

É o próprio Deus quem pede, ao seu povo, no livro do Deuteronômio: “Coloquem essas minhas palavras no seu coração e na sua alma! Amarrem essas palavras na mão como sinal. E que elas sejam para vocês como faixa entre os olhos. Vocês devem ensiná-las a seus filhos, falando delas sentado em casa e andando pelo caminho, deitado e de pé. Você deverá escrevê-las nos batentes da sua casa e nas portas da sua cidade, para que os dias de vocês e os dias de seus filhos se multipliquem sobre a terra que Javé jurou dar aos antepassados de vocês, e sejam dias tão numerosos quanto os dias em que o céu permanecer sobre a terra” (Dt 11,18-21). E, noutra passagem:  “Ouça, Israel! Javé nosso Deus é o único Javé. Portanto, ame a Javé seu Deus com todo o seu coração, com toda a sua alma e com toda a sua força. Que estas palavras, que hoje eu lhe ordeno, estejam em seu coração. Você as inculcará em seus filhos, e delas falará sentado em sua casa e andando em seu caminho, estando deitado e de pé. Você também as amarrará em sua mão como sinal, e elas serão como faixa entre seus olhos. Você as escreverá nos batentes de sua casa e nas portas da cidade” (Dt 6,4-9).

O que tudo isso tem a ver conosco? Tem tudo a ver!

Você, certamente, já escreveu em árvores, em banco, muros, calçadas… tentando eternizar expressões, sentimentos, pessoas… Pois, então, faça a mesma coisa com as convicções de fé, de acordo com a Palavra de Deus. Escreva em seu coração os ensinamentos da Sagrada Escritura para que sejam luz permanente para sua vida.

Precisamos lidar com a Palavra de Deus de outra maneira! Não podemos estar contentes só porque a nossa cabeça tomou conhecimento do que ouvimos. É preciso guardar no coração para que se transforme em algo vivo em nós e não, simplesmente, enciclopédia.

A Palavra de Deus é fonte de vida para a vida! Portanto, comece decorando alguns versículos bíblicos para serem sua luz. Decorar vem do latim; ‘cor’ é declinação de ‘cordis’ = coração. Decorar significa pôr no coração.

Comece pelos provérbios: “Tesouros injustos não trazem proveito, mas a justiça livra da morte. Javé não deixa que o justo passe fome, porém reprime a ambição dos injustos. A mão preguiçosa empobrece, mas o braço trabalhador enriquece. Quem armazena no outono é prudente; quem dorme na colheita passa vergonha. As bênçãos descem sobre a cabeça do justo, mas a boca dos injustos esconde violência. A memória do justo é bendita, mas o nome dos injustos apodrece. O homem de bom senso aceita o mandamento, mas o estúpido se arruína pela boca. Quem se comporta com integridade vive em segurança; quem segue caminho torto acaba desmascarado” (Pr 10,2-9).

 

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts