O MUNDO ESTÁ SE DESFIGURANDO

Compartilhe:

Diz o ditado que: “pau que nasce torto, morre torto!”

A ideia central deste ditado é que as coisas são como são porque, por natureza, assim são.

Esse ditado forma, então, uma opinião de que, há um certo determinismo no ser e na vida das pessoas, o que justificaria um estado de coisas no mundo que vão além de sua vontade e força. Sendo assim, boa parte das situações e circunstâncias, presentes no mundo, é determinada por uma vontade superior que lhe supera e, portanto, não é capaz de impedir seus desígnios.

Na verdade temos um corolário de invenções, mitos e superstições para justificar nossas devassidões e pecados. Somos mestres em escamoteamento e dissimulação, em desculpa esfarrapada e evasiva.

Deus não errou quando criou o mundo tirando tudo do nada abissal, inclusive o ser humano, dando-lhe forma e vida. Não. Deus fez tudo pela sua palavra e, ultimou a criação do homem, insuflando-lhe o próprio Espírito.

Embora seja o mesmo, o mundo que Deus criou não é mais o mesmo. Encontra-se, aliás, desfigurado, sem a beleza original da forma e vida recebida do criador.

Esta desfiguração do mundo não aconteceu antes, de o próprio homem ter se desfigurado, distanciando de Deus, como narra Gênesis 3. Na verdade essa narrativa é dramática e mostra Deus a procura do homem e da mulher logo após terem comido da árvore do centro do paraíso.

Assim se expressa o capítulo 3,8-13: “Em seguida, eles ouviram Javé Deus passeando no jardim à brisa do dia. Então o homem e a mulher se esconderam da presença de Javé Deus, entre as árvores do jardim. Javé Deus chamou o homem: ‘Onde está você?’ O homem respondeu: ‘Ouvi teus passos no jardim: tive medo, porque estou nu, e me escondi’. Javé Deus continuou: ‘E quem lhe disse que você estava nu? Por acaso você comeu da árvore da qual eu lhe tinha proibido comer?’ O homem respondeu: ‘A mulher que me deste por companheira deu-me o fruto, e eu comi’. Javé Deus disse para a mulher: ‘O que foi que você fez?’ A mulher respondeu: ‘A serpente me enganou, e eu comi’.

O mundo está desfigurado porque o ser humano, que Deus criou, está desfigurado porque perdeu a proximidade com o Senhor; desobedeceu-o.

A desobediência cava o fosso do distanciamento entre Deus e o ser humano e, portanto, abre precedente para todo tipo de devassidão e pecado.

Eis como se expressa São Tiago em sua carta, no capítulo 4,1-10: “De onde surgem os conflitos e competições que existem entre vocês? Não vêm exatamente dos prazeres que guerreiam nos seus membros? Vocês cobiçam, e não possuem; então matam. Vocês têm inveja, e não conseguem nada; então lutam e fazem guerra. Vocês não recebem, porque não pedem; e vocês pedem, mas não recebem, porque pedem mal, com intenção de gastarem em seus prazeres. Idólatras! Vocês não sabem que a amizade com o mundo é inimizade com Deus? Quem quer ser amigo do mundo é inimigo de Deus. Ou vocês acham que é à toa que a Escritura diz: ‘Deus reclama com ciúme o espírito que ele fez habitar em nós’? Mas ele dá uma graça maior. É por isso que a Escritura diz: ‘Deus resiste aos soberbos, e aos humildes dá a sua graça.’ Portanto, sejam submissos a Deus; resistam ao diabo, e este fugirá de vocês. Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês. Pecadores, purifiquem as mãos! Indecisos, purifiquem o coração! Reconheçam a própria miséria, cubram-se de luto e chorem! Que o riso de vocês se transforme em luto, e a alegria em tristeza! Humilhem-se diante do Senhor, e ele os elevará.”

Caso queiramos recuperar nossa imagem e semelhança com Deus, ou seja, ser resgatados da desfiguração na qual nos metemos, pela desobediência, precisamos fazer o caminho de volta a Ele; buscar a reaproximação pela obediência.

 

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts