O CAMINHO PARA CHEGAR À VERDADEIRA VIDA

Compartilhe:

 

 

“A palavra de Deus é viva, eficaz e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes; ela penetra até o ponto onde a alma e o espírito se encontram, e até onde as juntas e medulas se tocam; ela sonda os sentimentos e pensamentos mais íntimos” (Hebreus 4,12).

De fato, a Palavra de Deus sempre, tem algo novo a nos dizer, a nos ensinar, principalmente nas leituras que já fizemos várias vezes. Um texto Bíblico é inesgotável e está sempre atual.

Meditando, o texto de João, 14,1-7 descobri um comentário de São Tomás de Aquino, do século XIII, justamente sobre estes versículos, que eu quero compartilhar com você.

 

“O Caminho é o próprio Cristo, conforme ele próprio disse: ‘Eu sou o caminho’. E com muita razão, pois ‘por ele acesso junto ao Pai’.

Porque, porém, este caminho não está distante de seu termo, mas unido a ele, Cristo acrescenta: ‘verdade e vida’; de sorte que é ao mesmo tempo o caminho e o termo. É o caminho, segundo a humanidade; é o termo, segundo a divindade. Assim, como homem, diz: ‘Eu sou o caminho’; e, como Deus, acrescenta: ‘a verdade e a vida’.  Por estas duas realidades indica bem o término deste caminho.

O término deste caminho é a meta do desejo dos homens e o homem deseja principalmente duas coisas: primeiro, o conhecimento da verdade, o que lhe é próprio; segundo, a permanência no ser, o que é comum a todos os seres.

Cristo é o caminho que leva ao conhecimento da verdade, porque é ele mesmo a Verdade: ‘Conduze-me, Senhor, à tua verdade e entrarei em teu caminho’. Cristo é também o caminho que faz chegar à vida; é ele próprio a vida: ‘Fizeste-me conhecer os caminhos da vida’.

Por este motivo designou o término do caminho como verdade e vida: ambas se referem a Cristo. Em primeiro lugar, porque ele é a vida: ‘Nele era a vida’; em seguida. porque ele é a verdade: ‘Era a luz dos homens’. Ora, a luz é verdade.

Se, portanto, indagas por onde passar, acolhe a Cristo o próprio caminho: ‘É este o caminho, caminhai por ele’. E Agostinho disse: ‘Caminha pelo homem e chegarás a Deus’. É melhor claudicar (mancar) no caminho do que caminhar com desembaraço fora dele. Pois quem manqueja no caminho, conquanto demore, chegará ao termo. Quem, ao contrário, vai por fora do caminho, embora correndo, se afasta, cada vez mais, do termo.

Se agora perguntas para onde ir, adere a Cristo, que é a verdade, meta de nossa caminhada: ‘Minha boca meditará tua verdade’. Se buscas permanecer, adere a Cristo, a própria vida: ‘Quem me encontra, encontra a vida e haurirá a salvação vinda do Senhor’.

Adere, por conseguinte, a Cristo, se queres ter segurança; não te desviarás, porque ele é o caminho. Os que a ele aderem, não andam fora, mas no caminho reto. Também não podem enganar-se, pois, com efeito, é ele a verdade e ensina toda verdade, conforme suas mesmas palavras: ‘Para isto nasci e vim ao mundo, para dar testemunho da verdade’.  E, ainda, nada te perturbará, porque ele mesmo é a vida e o que dá a vida: Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância’.”

A esta meditação nada há o que acrescentar. Pelo menos agora. Outras meditações virão e, quando Deus nos puser, novamente, à frente desta palavra, certamente nos dirá coisas novas e tão profundas quanto esta.

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

A SANTÍSSIMA TRINDADE

    Domingo, dia 12 de junho a Igreja celebra a Santíssima Trindade, por isso convém dedicar algumas palavras para tratar este mistério da fé.

LEIA MAIS

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts