Mensagem de acolhida da Imagem do Divino Espírito Santo pela família Viana

Compartilhe:

“tu vens, tu vens, eu já escuto os teus sinais”

Foi com jubilo que recebemos no dia 17 de maio a notícia que seriamos guardiões da imagem do Divino Espírito Santo. Revelava-se naquele instante um segredo até então guardado por mim aos meus familiares, ficou nítido que o Espírito Santo soprou forte e escolheu tia Sândala Viana, mas conhecida por nós sobrinhos e amigos como tia Sandra.

Sim! Ela foi escolhida pela Espírito Santo. Com essa escolha o Espírito Santo nós deixa a mensagem de que não existe Divino de rico ou Divino de pobre, mas o Divino do povo de Deus. Nossa família há muitos anos tem uma intima relação com o Paráclito, ele já vive em nossa casa, faremos agora dela apenas o seu santuário.

A partir de agora a morada dos Viana, a casa de vó Mundica, é mais do Divino do que nossa, estamos em estado de graça por abrigarmos tão ilustre hóspede, a Terceira Pessoa da Santíssima Trindade. No leito de nossa humildade, não temos sobrenome tradicional, não temos nem ouro, nem prata, mas trazemos o que foi plantado em nossos corações, a fé.

Ainda não sabemos mensurar a nossa alegria, temos toda uma história de devoção ao Divino Espírito Santo, ele bem sabe de nossas vidas, alegrias e desafios para nos fazermos pessoas dignas e respeitadas. O Divino escolheu a nossa morada, nos dando a oportunidade de sermos mais igreja e mais fraternos.

Em Oeiras terra onde tudo vira história, estamos aqui fazendo história, a tradicional festa do Divino Espírito Santo de Oeiras de origem lusitana, terá a partir de agora a marca afrodescendente da família do velho Leônidas Viana, negro lá de São José do Peixe, mas que quisera fazer a sorte em Oeiras, onde educou e criou seus filhos. Vovô jaz, mas a sua devoção ao Divino Espírito Santo é sem dúvida uma de nossas maiores heranças.

Fomos escolhidos agora, mas há dez anos esperamos por esse dia, nesse tempo todo, fomos alternando os nome dos netos, e esse ano no dia 16 de maio aniversario de tia Sandra, resolvi inovar e colocar o seu nome. Mulher humilde que traz em sua história o desafio de vencer na vida frente a tantos grilhões. Diante a sua história e nossas relações familiares escolhemos como tema uma prece: “Divino Espírito santo, pai dos humildes, nos conduza na missão de semear fraternidade e promover a paz”.

Por fim com o coração cheio de esperança por dias melhores, rogo a Deus que o Espírito Santo faça morada no coração de cada um de nós. E contamos com a visita de cada um de vocês em nossa casa, para que juntos e irmanados na mesma fé possamos rezar e agradecer a deus por nossas vidas.

Espírito Santo iluminai-nos.

Júnior Vianna

100_6991 (Copy)

100_6998 (Copy)

100_7012 (Copy)

 

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts

QUEM SE CALA…

Todos nós temos responsabilidade no bem ou no mal do mundo.  Ninguém pode se considerar isento desta responsabilidade ou inocente em todas as situações. Com

“PAU PRA TODA OBRA”

  Algumas pessoas, como diz o ditado, são “pau pra toda obra”: são arrojadas, têm iniciativas, colaboram, são prestativas, têm disposição, são dinâmicas, têm coragem,