Liturgia Dominical: “Evangelizar a família é a mais urgente missão”

Compartilhe:

Festa da Sagrada Família

Evangelizar a família é a mais urgente missão

Leão XIII disse: “A família é a célula da sociedade: se essa é sã, todo o organismo prospera; se essa é doente a comunidade inteira se definha e morre”. Esta é uma grande verdade. Não por acaso São João Paulo II, Bento XVI (Papa emérito) e o Papa Francisco em seus discursos sempre enfatizam a importância da família para a sociedade. Bem sabemos que a criança, quando está no seio da mãe, já sente o clima da família. Se a família sofre tensões ou dilacerações a criança a adverte através do estado de ânimo da mãe e haverá consequências por toda a vida. E se a família é serena a criança respira a serenidade já quando está no útero da mãe.

Por isso a Igreja reconhece o seu dever fundamental de evangelizar a família e educá-la para viver o Evangelho na família.

A família é, antes de tudo, o lugar de acolhimento da vida e o lugar de educação à vida e aos valores que dão sentido à vida. É a família o lugar de educação à honestidade, à lealdade, ao sacrifício, ao empenho e ao respeito.

Os pais são, por vocação, os primeiros mestres da vida. Estes são insubstituíveis na vida do filho. Um pai e uma mãe que não sentem e não vivem a paixão educativa no confronto com os filhos não são verdadeiros genitores, mas somente mecânicos reprodutores de vida.

Olhemos para a família de Jesus: é construída sobre valores profundos. Esta não coloca os bens materiais em primeiro plano porque sabe que há valores que estão acima destas coisas. É uma família centrada na educação ao diálogo, à caridade, ao respeito mútuo e à oração.

São os genitores o ponto de referência para as orientações dos filhos. Feliz a família que mantém aceso o fogo da caridade e transmite aos filhos a paixão pelo serviço, a atenção ao próximo e a alegria de doar. Este é o primeiro “pão” a partilhar com os filhos.

Finalmente, a família é a escola de oração e de fé. Quantas experiências ricas a família pode viver quando esta reserva para si o tempo precioso para oração e para uma participação ativa na vida da Igreja. Isto não é coisa do passado! Mais do que nunca, muitas famílias estão despertando para esta realidade e redescobrindo este imenso valor que esteve ameaçado de desparecer por causa do ativismo da sociedade.

Feliz a família que respeita a vida, onde a caridade é a lei, onde a oração une todos em nome de Deus. Se voltarmos o nosso olhar para a família de Nazaré teremos a oportunidade de contemplarmos todos estes valores que são imprescindíveis na vida de uma família. Que Jesus, Maria e José abençoem a todas as famílias do Brasil e do mundo.

 

Dom Edilson Soares Nobre

Bispo Diocesano de Oeiras

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts