INSPIRAÇÕES, REFLEXÕES E ENCAMINHAMENTOS – 30ª Assembleia Regional de Pastoral – NE 4

Compartilhe:

30ª ASSEMBLEIA REGIONAL DE PASTORAL

Tema: Anúncio da Palavra no mundo urbano: desafios e perspectivas.

Lema: “O Senhor os enviou, dois a dois, à sua frente, a toda cidade e lugares” (Lc 10,1).

INSPIRAÇÕES, REFLEXÕES E ENCAMINHAMENTOS

 No dia 3 de julho de 2021, reuniram-se, em Assembleia do Regional Nordeste 4 da CNBB, os bispos, os coordenadores regionais e diocesanos de pastorais, coordenadores da pastoral presbiteral, membros do setor bíblico-catequético, coordenadores do setor juventude, coordenadores da Comissão Missionária Diocesana (COMIDI), entre eles o secretário executivo, um representante da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), um representante do Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB) do Regional NE 4, membros das comissões permanentes criadas pelo Conselho Episcopal Regional (CONSER), e a coordenação da 15ª Romaria da Terra e da Água do Piauí.

A Assembleia, realizada no modo videoconferência, teve participação do Presidente da CNBB e Arcebispo de Belo Horizonte, Dom Walmor de Oliveira Azevedo que, ao se pronunciar, expressou sua alegria em integrar a 30ª Assembleia Regional de Pastoral, manifestando a comunhão eclesial. Em sua mensagem, Dom Walmor destacou os principais os principais desafios do tempo presente, com relação à pandemia e frente ao grave momento político, social e econômico que vive o país. Ressaltou que a pandemia não nos paralisou, mas sim nos desafiou a levar a missão adiante utilizando-se dos meios de comunicação disponíveis, bem como animou os participantes quanto ao tema e lema da Assembleia de Pastoral.

Celebração, partilhas pastorais e encontro em torno da Palavra de Deus, a partir do tema, “Anúncio da Palavra no mundo urbano: desafios e perspectivas”; com a conferência de Pe. Antônio Soares e de Pe. Francidilso, renovaram o convite e o envio missionário da Igreja reunida num formato inédito e habilitado neste tempo de distanciamento social por precaução e em defesa da vida.

Desta 30ª Assembleia de Pastoral brotaram inspirações, reflexões e encaminhamentos:

  1. Conhecer e aplicar o texto de Estudos 114 da CNBB: “E a Palavra habitou entre nós” (Jo 1,14), destinado à Animação Bíblica da Pastoral. Estudo do Doc. 114 em nível regional, diocesano e paroquial, nas reuniões do clero, nas coordenações pastorais, nos grupos de serviço à Liturgia, na Catequese, etc. Utilizar os meios de comunicação disponíveis oferecendo essa oportunidade aos fieis em geral. Preparar e celebrar o Mês da Bíblia (50 anos): Carta aos Gálatas, através de encontros nas famílias, lives, etc.
  2. Assembleia Eclesial da América Latina e Caribe: Divulgação, participação no processo de escuta e sintonia desta Assembleia como exercício de sinodalidade dos organismos do povo de Deus. Cada diocese dará suas contribuições conforme orientações da CNBB.
  3. Vivência da 6ª Semana Social Brasileira: Mutirão Pela Vida: Por terra, teto e trabalho. A partir das paróquias, divulgar, promover reflexão e mobilização temática, fazendo uso do material que será encaminhado, inclusive ir à fonte de pesquisa da 6ª SSB: site (ssb.org.br); Preparar e celebrar o Grito dos Excluídos, fortalecer o Pacto pela Vida e pelo Brasil, defender a universalização da vacina através do SUS, o Auxílio Emergencial de, no mínimo, R$ 600,00 (seiscentos reais) até o final da pandemia e a investigação de suspeitas de negligências na gestão da pandemia, causando tantas mortes.
  4. 15ª Romaria da Terra e da Água do Piauí: Com o tema: Terra e Água: Direitos Sagrados. E, o lema: “Deus deu a terra aos seus filhos” (Sl 115,16). Que a Coordenação Geral divulgue a retomada do itinerário de Peregrinação da Cruz da Romaria, usando os recursos da PASCOM e dos meios disponíveis de comunicação social; realize, em 2022, o estudo e reflexão da Cartilha da Romaria da Terra e da Água.
  5. Sínodo dos Bispos: Por uma Igreja sinodal – comunhão, participação e missão. Incluir nas pautas pastorais o processo de escuta, conforme as orientações da CNBB. A título de informação: abertura oficial do processo de escuta no dia 17 de outubro nas dioceses; o documento preparatório será divulgado em setembro; E o instrumento de trabalho (Instrumentum laboris) será produzido pela Secretaria Geral do Sínodo até setembro de 2022; etapa continental de setembro 2022 a março 2023. A Assembleia Sinodal acontecerá em Roma, no mês de outubro de 2023.

 

A Igreja é vivificada no Espírito Santo que se manifesta na diversidade dos carismas e dons presentes nas diversas Comunidades Eclesiais Missionárias. Planejar, executar e compartilhar essas atividades sinalizam a vivacidade e a nossa corresponsabilidade pastoral. A Igreja de discípulos e discípulas cada vez mais será Comunidade de pessoas convictas e missionárias.

Proporcionar aos fiéis o encontro com o Cristo significa acolher, acompanhar, discernir e integrar, ações sínteses das iniciativas pastorais da Igreja.

Com Nossa Senhora da Vitória seguimos ao Senhor Vivente e Vivificador. “Ele nos enviou, dois a dois, à sua frente, a toda cidade e lugares” (cf. Lc 10, 1).

 

Teresina-PI, 03 de julho de 2021.

                                     

Dom Juarez Sousa da Silva

Presidente

 

 

Dom Francisco de A. G. dos Santos                      Dom Marcos Antonio Tavoni

Vice-Pesidente                                                          Secretário

 

FONTE:  cnbbne4.org.br

 

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts

ESCOLHER A MELHOR PARTE

    Todos nós temos uma grande dificuldade de lidar com decisões, escolhas, opções, prioridades. Talvez porque, nem sempre, temos claro o que queremos. Sim!