ESCOLHER A MELHOR PARTE

Compartilhe:

 

Todos nós temos uma grande dificuldade de lidar com decisões, escolhas, opções, prioridades. Talvez porque, nem sempre, temos claro o que queremos. Sim! Talvez porque não enxergamos o que realmente precisamos e necessitamos. Na verdade, confundimos vontade com necessidade. A vontade está mais ligado aos instintos, sentimentos, desejos, prazeres… aos sentidos. A vontade pode ser ocasional, de momento. E por causa disso, podemos fazer da vida uma verdadeira casa de ilusões.

“Não siga suas paixões. Coloque freio nos seus desejos. Se você permite satisfazer a paixão, ela tornará você motivo de zombaria para seus inimigos. Não se entregue a uma vida de prazeres, para não se empobrecer com os gastos. Não se empobreça banqueteando com dinheiro emprestado, quando você não tem nada no bolso” (Eclesiástico 18,30-33).

Afirmar a vida só nas vontades é perder os horizontes!

O querer, ao contrário da vontade, refere-se, sempre, a algo além; algo maior. Que até pode passar pela vontade, mas que a supera. O querer implica renúncias, responsabilidade, autodomínio, coragem, fé, decisões, escolhas, autocrítica, valores, compromisso, hierarquia de valores.

“Aprenda antes de falar, e cuide-se para não ficar doente. Examine a si mesmo antes do julgamento e, no momento da sentença, você encontrará perdão. Humilhe-se para não ficar doente, e quando pecar arrependa-se. Que nada impeça você de cumprir logo uma promessa; não espere até à morte para cumpri-la. Prepare-se antes de fazer uma promessa, para não ser como alguém que tenta o Senhor” (Eclesiástico 18,19-23).

Quando não se sabe o que quer, não existe caminho, nem esperança e nem futuro.

É preciso escolher a melhor parte, como dizia Jesus à Marta: “Marta, Marta! Você se preocupa e anda agitada com muitas coisas; porém, uma só coisa é necessária, Maria escolheu a melhor parte, e esta não lhe será tirada” (Lc 10,41-42).

Para escolher a melhor parte é preciso definir o que se quer na vida. Estabelecer uma meta. Quer dizer, sonhar, acreditar, ter esperança em algo maior que projete a vida para frente; sempre para frente.

Ter coragem de dizer com a Palavra de Deus:

“Por causa de Cristo, porém, tudo o que eu considerava como lucro, agora considero como perda. E mais ainda: considero tudo uma perda, diante do bem superior que é o conhecimento do meu Senhor Jesus Cristo. Por causa dele perdi tudo, e considero tudo como lixo, a fim de ganhar Cristo, e estar com ele. E isso, não mais mediante uma justiça minha, vinda da Lei, mas com a justiça que vem através da fé em Cristo, aquela justiça que vem de Deus e se apóia sobre a fé. Quero, assim, conhecer a Cristo, o poder da sua ressurreição e a comunhão em seus sofrimentos, para tornar-me semelhante a ele em sua morte, a fim de alcançar, se possível, a ressurreição dos mortos. Não que eu já tenha conquistado o prêmio ou que já tenha chegado à perfeição; apenas continuo correndo para conquistá-lo, porque eu também fui conquistado por Jesus Cristo. Irmãos, não acho que eu já tenha alcançado o prêmio, mas uma coisa eu faço: esqueço-me do que fica para trás e avanço para o que está na frente.  Lanço-me em direção à meta, em vista do prêmio do alto, que Deus nos chama a receber em Jesus Cristo. (Filipenses 3,7-14)

A vida não está pronta, precisa ser continuada, ampliada, aumentada. Não no tamanho, mas na qualidade; não através das coisas, porque a vida não é depósito ou porão, mas através das pessoas; não através do poder, do prazer, do ter, do status, mas através do ser (ser pessoa, ser gente, ser filho de Deus… ser humano).

Escolher a melhor parte não é outra coisa, senão, conferir à vida o seu sentido original: Dom e Conquista. Ou seja, é um presente de Deus mas, ao mesmo tempo, uma tarefa humana.

A vida pode ser melhor, basta você querer! Deus garante a ‘parte’ dele!

Não deixe a vida, simplesmente, acontecer; aconteça com ela!

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

ESCOLHER A MELHOR PARTE

    Todos nós temos uma grande dificuldade de lidar com decisões, escolhas, opções, prioridades. Talvez porque, nem sempre, temos claro o que queremos. Sim!

LEIA MAIS

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts

ESCOLHER A MELHOR PARTE

    Todos nós temos uma grande dificuldade de lidar com decisões, escolhas, opções, prioridades. Talvez porque, nem sempre, temos claro o que queremos. Sim!