É TEMPO DE INVESTIR NOS FUNDAMENTOS

Compartilhe:

 

 

Dar fundamento! Eis a atitude que se cumpre como critério de responsabilidade, necessário a tudo o que se quer dar sentido, seja na área do ter, do poder ou do prazer.

Faltou fundamento, perdeu o sentido!

Faltou o sentido, negou a existência!

Ora, o fundamento é uma questão vital. Mas, afinal de contas, o que é fundamento?

Fundamento é tudo aquilo que dá base de sustentação; que comporta uma estrutura; que demonstra solidez; que tem firmeza; que oferece garantia; que inspira segurança e que permite longevidade.

Numa construção, fundamento é chamado de alicerce e é constituído, essencialmente, pelos materiais, técnicas, ações e serviços que intervém, diretamente, no lugar onde se pretende realizar qualquer tipo de edificação, no sentido de melhorar suas condições de fragilidade.

Na vida, fundamento é chamado de busca fundamental e, como é algo dinâmico, é constituído, essencialmente, dos princípios, valores, relacionamentos, vivências, escolhas e decisões que ativam o fluxo da vida: os ideais, os projetos, as metas, os compromissos, a consciência, a liberdade e a vontade.

A fé copia a vida e a vida copia a fé. Não existe separação entre ambas. Uma serve de referência para a outra. Nesse sentido, é possível dizer: tudo o que se refere à vida, se aplica à fé e vice-versa.

Vejamos como nos ensina a Sagrada Escritura:

“Quem não carrega sua cruz e não caminha atrás de mim, não pode ser meu discípulo. De fato, se alguém de vocês quer construir uma torre, será que não vai primeiro sentar-se e calcular os gastos, para ver se tem o suficiente para terminar? Caso contrário, lançará o alicerce e não será capaz de acabar. E todos os que virem isso, começarão a caçoar, dizendo: ‘Esse homem começou a construir e não foi capaz de acabar!’” (Lc 14,27-30).

“Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino do Céu. Só entrará aquele que põe em prática a vontade do meu Pai, que está no céu. Portanto, quem ouve essas minhas palavras e as põe em prática, é como o homem prudente que construiu sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, vieram as enxurradas, os ventos sopraram com força contra a casa, mas a casa não caiu, porque fora construída sobre a rocha. Por outro lado, quem ouve essas minhas palavras e não as põe em prática, é como o homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia.  27 Caiu a chuva, vieram as enxurradas, os ventos sopraram com força contra a casa, e a casa caiu, e a sua ruína foi completa!” (Mt 7,21-27).

“Você se esqueceu de Javé que o criou, que estendeu o céu e fez o alicerce da terra. Você vivia sempre apavorado diante da fúria do opressor, quando ele estava pronto para destruir você. Onde está a fúria do seu opressor?” (Is 51,13). “Onde você estava quando eu colocava os fundamentos da terra? Diga-me, se é que você tem tanta inteligência!” (Jó 38,4).

“Quando os fundamentos se corrompem, o que pode o justo fazer?” (Sl 11,3). “Nunca mais tirarão de você uma pedra angular, nem pedra de alicerce, porque você será transformada em ruína eterna – oráculo de Javé.” (Jr 51,26). “Ninguém pode colocar um alicerce diferente daquele que já foi posto: Jesus Cristo” (1Cor 3,11).

“Vocês pertencem ao edifício que tem como alicerce os apóstolos e profetas; e o próprio Jesus Cristo é a pedra principal dessa construção” (Ef 2,20).

“Apesar disso, o sólido alicerce colocado por Deus permanece, marcado pelo selo desta Palavra: ‘o Senhor conhece os que são seus’. E ainda: ‘afaste-se da injustiça todo aquele que pronuncia o nome do Senhor’” (2Tm 2,19).

Bastam essas palavras para não perdermos de vista que, de tempos tem tempos, precisamos revisitar nossas estruturas para investir em fundamentos.

 

Por:: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

A AMIZADE DE DEUS

  Nosso Senhor, o Verbo de Deus, que primeiro atraiu os homens para serem servos de Deus, libertou em seguida os que lhe estavam submissos,

LEIA MAIS

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts