Dom Edilson Nobre ordena Diácono transitório para Diocese de Oeiras

Compartilhe:

Realizou-se, nesta segunda – feira, 12/12/2022, Festa de Nossa Senhora de Guadalupe, Padroeira da América Latina, a ordenação diaconal do seminarista Nailson Silva Santos. A celebração Eucarística aconteceu na Igreja Catedral de Nossa Senhora da Vitória, às 19 h, foi presidida por Dom Edilson Nobre, bispo diocesano, e concelebrada por uma representação significativa do clero diocesano de Oeiras e de outras dioceses.

Dom Edilson Nobre em sua homilia enfatizou que o “diácono é chamado a ser servidor do Senhor e de sua Igreja. O diaconato é um grande dom de Deus, mas não pode ser entendido como honraria ou fonte de privilégios, é serviço, enquanto ministério ordenado. Para exercer o diaconato, é preciso ter o coração e a vida de servo do Senhor e de servidor da Igreja, especialmente dos mais pobres e sofredores, ressaltou a dignidade do serviço do Altar, que irá desempenhar, através da colaboração nas celebrações da Eucaristia nas funções que lhe é própria, na celebração dos sacramentos do Batismo e do Matrimônio e nas Celebrações da Palavra. Reze com a Igreja e pela Igreja a Liturgia das Horas. A vida de oração dos ministros ordenados seja estímulo para os fiéis rezarem sempre mais e melhor. Tenham sempre zelo pela liturgia e participem do altar não apenas como executores de tarefas, mas como ministros que dele se aproximam buscando a santidade e a graça de Deus”.

Após a homilia, Dom Edilson Nobre interrogou o ordenando sobre suas disposições em assumir o ministério diaconal. Após a ladainha de todos os santos, lhe impôs as mãos e recitou a oração da ordenação. Já ordenado, Nailson recebeu a estola e a dalmática de seus pais e o Bispo diocesano lhe entregou o Evangeliário.

A Igreja Católica possui o primeiro grau do Sacramento da Ordem, o Diaconato, sendo ordenado não para o sacerdócio, mas para o serviço da caridade, da proclamação da Palavra de Deus e da liturgia.  Na Igreja Católica Romana, os diáconos podem ser de duas naturezas: uma transitória e outra permanente. Há os diáconos em grau permanente que podem ser homens solteiros, casados ou viúvos. A ordenação no diaconato paralisa o estado dos solteiros e viúvos, de modo que estes após o sacramento não podem mais se casar, devendo permanecer celibatários. Os poderes de um diácono são: ministrar os sacramentos do batismo e do matrimônio, dar bênçãos diversas, benção do santíssimo Sacramento, fazer a celebração da palavra, distribuir a sagrada comunhão e fazer pregações.

O Diácono Nailson Santos agradeceu a todos que o ajudaram e incentivaram em sua caminhada de discernimento vocacional. O neo diácono Nailson já concluiu seus estudos no ICESPI – Instituto Católico de Estudos Superiores do Piauí, e vai realizar seu estágio pastoral na Paróquia Nossa Senhora da Vitória.

A Celebração Eucarística foi bastante participativa, com diversas representações clericais, religiosas, das comunidades e paróquias que fazem parte da diocese de Oeiras e de outras comunidades como Teresina, Floriano, Campo Maior e Parnaíba, dos familiares e do povo de Deus presente na Igreja Catedral. Logo após a missa os fieis participantes dirigiram-se ao Centro Diocesano de Pastoral, onde aconteceu o momento de confraternização.

Fotos: Claudio Fernandes

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts

Pe. Carlos Alberto Nascimento, SDB

  Congregação dos Salesianos de Dom Bosco (Sociedade de São Francisco de Sales) Data de Nascimento:07/08/1987 Data de Ordenação Sacerdotal: 08/12/2018       Endereço: