Diocese de Oeiras firma parceria com a instituição FamilySearch

Compartilhe:

Pelo Setor Diocesano de Comunicação

    No último dia 10 de janeiro, em Natal (RN), o bispo  da diocese de Oeiras, Dom Edilson Soares Nobre, assinou um termo no qual foi constituído um convênio entre o FamilySearch Internacional e a Diocese de Oeiras, para a digitalização dos arquivos da cúria diocesana. Esse projeto, além de garantir a preservação das informações contidas nos documentos, permitirá o acesso a dados relevantes para a pesquisa de história da família.

O processo

    Quando registros são destruídos, perdem-se para sempre dados importantes acerca do passado. Por outro lado, os frágeis documentos históricos sofrem constante deterioração devido ao uso frequente. Em compensação, registros preservados digitalmente ou em microfilme podem ser utilizados repetidas vezes e reproduzidos conforme a necessidade, enquanto os documentos originais permanecem intactos, íntegros e em bom estado para as gerações futuras.

    Em colaboração com instituições que criam e guardam registros, o FamilySearch começou a microfilmar e armazenar registros em 1938. Os projetos de digitalização começaram em 1998. De 1938 até hoje, o FamilySearch microfilmou em mais de 110 países. Ele fornece às instituições mantenedoras dos documentos originais uma cópia de seus registros no formato em que foram adquiridos. Além disso, os microfilmes e imagens digitais que armazena servem de cópias de segurança de arquivos gerais de todo o mundo, constituindo-se numa proteção essencial caso ocorram danos ou perdas.

    Nesta nova modalidade, que utiliza a tecnologia digital, os livros que antes não foram digitalizados, agora passarão por esse processo. O processo se utiliza de um mecanismo de captura de imagens, através de uma câmera fotográfica de alta resolução. As imagens geradas passam por um programa de computador, que no processo seguinte, as armazena em um HD. O processo todo é feito por um especialista em geração de imagem.

Relevância do trabalho

    Esta iniciativa tem uma importância considerável para a manutenção e preservação da história do território diocesano. A importância nasce da preocupação em preservar documentos memoriais, partindo da necessidade de evitar perdas das informações úteis que estão em suporte de papel e que sofrem, diante dos acontecimentos inadequados, ameaças biológicas, mau manuseio e outros fatores.

O que é a “FamilySearch”?

    O FamilySearch International (antigamente conhecido como Sociedade Genealógica de Utah) se dedica a incentivar a conservação de informações genealógicas em todo o mundo, bem como auxiliar famílias e indivíduos a descobrir quem são seus antepassados. Fundado em 1894, permanece até hoje como uma organização sem fins lucrativos, integralmente mantida com recursos próprios. Desde sua criação há mais de 120 anos, o FamilySearch, iniciado com 13 membros, cresceu até tornar-se a maior organização de genealogia do mundo. É hoje uma instituição internacional integrada por especialistas em diversas áreas, como história, geografia, biblioteconomia, microfotografia, digitalização, administração de empresas e diversos idiomas.

    Com sede em Salt Lake City, Utah, Estados Unidos, trabalha atualmente em todo o mundo e já atuou em arquivos, bibliotecas e Igrejas em mais de 110 países, para facilitar o acesso econômico a registros que ajudam as pessoas a encontrar seus antepassados.

    Todo mês, mais de três milhões de pessoas usam os registros, recursos e serviços do FamilySearch para descobrir mais sobre sua história da família. Esses registros e serviços estão disponíveis online em www.familysearch.org, ou nos 4.600 centros de história em 126 países, inclusive na renomada Biblioteca de História da Família em Salt Lake City, Utah, nos EUA.

Atuação no Brasil

Desde o início de sua atuação no Brasil, em meados da década de 1970, o FamilySearch tem trabalhado em conjunto com Tribunais de Justiça de diversos estados para preservar e dar acesso a registros civis. O Piauí está entre os muitos estados brasileiros que já tiveram seus registros (de nascimento, casamento e óbito) total ou parcialmente preservados em microfilme ou imagens digitais pelo FamilySearch.

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts