DEUS EDUCA O SEU POVO

Compartilhe:

 

Refletindo a partir das Sagradas Escrituras, no Antigo Testamento, podemos ver como a educação do Povo de Deus nos ajuda a perceber os apelos que o Senhor nos faz em relação ao desenvolvimento da pessoa humana, da comunidade e da sociedade.

Homem e mulher são iguais. O livro do Genesis, cap. 1 vers. 27 diz: “E Deus criou o homem à sua imagem; à imagem de Deus ele o criou; e os criou homem e mulher.” Essas palavras significam que Deus criou um ser (humano) que se expressa no feminino e no masculino, com igual valor e dignidade. Os dois foram criados da mesma espécie para serem à sua imagem. Isso não muda quando se unem: serão os dois, uma só carne. Portanto, domínio e opressão aparecem depois e são consequência do pecado, não da vontade de Deus. Ninguém é dono de ninguém e, sob nenhum pretexto poderá oprimir e machucar.

Homem e mulher, parceiros na igualdade. Fiéis ao projeto de Deus, na criação, temos que nos posicionar de modo decidido, para vencer certas distorções em relação aos papéis masculinos e femininos. Nesse caso, tanto o homem quanto a mulher, precisam restituir a visão, sobre si, como obra boa de Deus e parceiros na igualdade e na diferença. Estamos falando de uma educação para melhor partilhar a vida, a missão, tarefas e responsabilidades dento e fora do lar.

Educação da afetividade e da sexualidade. Nós falamos de tudo na vida e, as vezes, fazemos coisas censuráveis porque não colaboram para o crescimento e a edificação de uns pelos outros. Educação para a sexualidade e afetividade, deveria ser uma ênfase no trato das coisas familiares. Pessoas maduras correspondem, muito mais, na ordem do respeito. Não podemos fechar os olhos para o escandaloso permissivismo, a licenciosidade e a libertinagem entre as pessoas. Nossas práticas e comportamentos estão deixando a vida muito vulgar. É preciso educar para a vida familiar. Redescobrir o valor do diálogo, do companheirismo, da partilha, da comunhão, da sinceridade, do respeito, do amor exigente.

Educação para a convivência social. A Bíblia inteira é a história de um povo que vai crescendo, amadurecendo e, aprimorando o relacionamento consigo mesmo, com os outros, com o mundo e com Deus. Por trás das famosas “leis de santidade” do Levítico, estão muitos preceitos educativos de respeito à vida e o desenvolvimento da justiça social. No livro do Êxodo, vemos o povo de Deus que caminha, sendo chamado a ser sujeito na construção de um novo modo de vida.

Na busca da libertação. Para o povo de Deus, a experiência de libertação do Egito foi muito importante. Serviu de base e motivação para uma verdadeira revolução religiosa, social, econômica, moral, espiritual. Não podemos perder de vista que, a libertação do Povo de Deus não é uma posse exclusiva e privada. O povo libertado tem que cuidar da libertação de outros. Na mesma medida, quem teve acesso à educação fica na obrigação moral de exigir, para os outros, esse mesmo direito. A libertação tem, como consequência necessária, atitudes de solidariedade, amor e justiça.

Educação para sermos comunidade.

Mesmo quando Deus chama alguém em particular, homem ou mulher, essa pessoa recebe a missão em função do Povo de Deus. Também o povo, coletivamente, é chamado a ser um sinal da benção e da graça de Deus. Herdeiros da tradição Bíblica, devemos crescer com espírito comunitário.

Educação para a Sabedoria . Sábio não é, simplesmente, aquele que conhece a teoria e a gramática, mas aquele que conhece a vida e conhece a prática. A posse de qualquer saber letrado gera responsabilidade, não privilégio. Uma pessoa não é melhor do que a outra porque conhece mais. Existem pessoas que não conseguem distinguir uma letra da outra; são analfabetas das letras, “não sabem nada da escola” mas, na realidade, são verdadeiros poços de sabedoria prática. Conhecem a vida! São sábias porque resolveram se guiar pelos princípios da fé e do amor, dados pela Lei de Deus.

Deus é Pai que educa o seu povo!

 

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts

A ESPERANÇA NÃO DECEPCIONA

Esperança não é uma coisa tão fácil, por isso, precisa ser decidida, antes, no coração, como fonte, objetivo e meta. Esperar não é um ato