Celebração Eucarística marca abertura da 12ª Assembleia Diocesana de Pastoral em Oeiras

Compartilhe:

A 12ª Assembleia Diocesana de Pastoral da Diocese de Oeiras, teve inicio na manhã desta  sexta-feira (08), no Centro Diocesano de Pastoral Dom Expedito Lopes. Com representantes de todas as Paróquias e Áreas Pastorais da diocese, como padres, missionários, leigas, leigos. A abertura foi bem cedo, às 07h, com acolhida, café manhã e credenciamento para os participantes, em seguida aconteceu Celebração Eucarística presidida pelo Bispo diocesano Dom Edilson Soares Nobre e concelebrada por todos os Padres da Diocese de Oeiras.

A Assembleia Diocesana tem como objetivo a construção do Marco referencial para o quadriênio 2020-2023 e o plano operacional referente a 2020, tendo como base o documento da CNBB-109, Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja.

Para o Padre Rogério Santos, Coordenador diocesano de Pastoral,  ” esta Assembleia Diocesana de Pastoral representa todo o povo de Deus, que reunidos em torno do Senhor, planeja e constrói juntos a sua caminhada de evangelização”.

O tema deste ano, faz referência a segunda carta de São Paulo a Timóteo, “Eu Exorto a reavivar o dom de Deus que há em ti” (2 Tm1,6). E que todo nosso esforço seja para fortalecer o nosso espírito de discípulos missionários, sempre mais capazes de anunciar com alegria o evangelho de Jesus Cristo, Querigma de Misericórdia, que nos chama a cuidar da casa comum.

Durante a celebração de abertura foi apresentado a logo do Ano Jubilar dos 75 anos de história da evangelização da Igreja particular de Oeiras junto ao povo do Piauí. A Diocese de Oeiras vivencia um momento jubilar de muita fé e espiritualidade. Este ano jubilar tem como Tema: “Igreja em saída, para o bem do rebanho do Senhor”, e lema: Ide, e fazei discípulos meus todos os povos”, na oportunidade foi apresentando o novo brasão da Diocese de Oeiras.

A Análise de conjuntura, feita pelo Vigário Geral da Diocese, Padre Possidônio, trouxe conceitos sobre o contexto mundial: avanço  financeiro e outros avanços vivenciados ao longo dos anos no Brasil, levando em consideração o desenvolvimento tecnológico e a participação da população na construção de uma sociedade mais fortalecida, fazendo referência a Campanha da Fraternidade que tem fortalecido as ações da própria igreja no Brasil.

O Bispo Diocesana Dom Edilson, abordou as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. Ressaltando que este documento veio responder os desafios evangelizadores, humanos, religiosos, sociais e políticos, culturais e ambientais que atingem a todos, indistintamente. enfatizou a importância dos quatro pilares: Palavra, Pão, Caridade e Ação Missionária, que correspondem a natureza da Igreja, que busca em seu tesouro coisas novas e velhas, numa analise, no próprio Cristo que temos de conhecer, amar e imitar para nele viver a vida Trinitária e com Ele transformar a história.

Ainda na manhã desta sexta-feira, Pe. Welson Barbosa fez uma abordagem sobre o Sínodo para Amazônia realizado  nos dias 06 a 27 de outubro em Roma,  com o objetivo de responder aos desafios vividos pelos povos originários e os demais que lá residem. O documento final estruturado em 5 capítulos pede a conversão integral, cultural, pastoral e sinodal.

A programação deste dia segue com a síntese do Instrumento de trabalho e encaminhamento dos grupos.

Por: Edvan Oliveira e Ana Karla Freitas

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts