Católicos celebram a Solenidade de Corpus Christi em Oeiras

Compartilhe:

Nesta quinta-feira, (03.06.2021), a Igreja Católica, em todo o mundo, comemorou o dia de Corpus Christi. Na Paróquia de Nossa Senhora da Vitória, iniciou a celebração com uma missa e durante todo o dia, os fieis adoraram o Santíssimo Sacramento e a tarde aconteceu a Santa Missa solene seguida de uma carreata pelas ruas do Centro Histórico de Oeiras em direção a Paróquia de Nossa Senhora do Rosário e encerrando na Paróquia da Sagrada Família com a benção Santíssimo Sacramento.

Esta Solenidade nos reporta à memória da morte e ressurreição de Jesus Cristo, foi instituída em 1246 e o papa Urbano IV estendeu-a à Igreja Universal. É celebrada na quinta-feira após a Solenidade da santíssima Trindade. Na celebração de Corpus Christi os fieis rendem graças a Deus pelo inestimável dom da Eucaristia, na qual o próprio senhor Jesus se dá a nós como alimento de Vida Eterna. A Eucaristia é fonte e centro de toda vida cristã. Portanto, proclama-se, neste dia a fé na presença real de Jesus Cristo nos Dons Eucarísticos: “ O nosso Salvador instituiu na última Ceia, na noite em que foi entregue, o Sacrifício eucarístico do seu corpo e do seu sangue para perpetuar no decorrer dos séculos, até ele voltar, o Sacrifício da cruz, e para confiar assim à Igreja, sua esposa amada, o memorial da sua morte e ressurreição” (Sacrosanctum Concilium, n 47).

Em sua reflexão, o bispo da Diocese de Oeiras Dom Edilson Nobre, enfatizou que o encontro com Jesus Sacramentado, não é somente no dia Corpus Christi, mas que no dia de hoje devemos intensificar esta experiência, pois estamos intimamente ligados a Deus e temos perseverar na fé; ressaltou que nossa vida deve ser moldada pelo Espirito Santo de Deus, lembrando que em cada missa que celebramos tornamos presente a entrega de Jesus atualizando suas palavras “tomem comam, isto é meu corpo, tomem bebam, isto é meu sangue”, exortou a cuidarmos da casa comum pois tudo foi criado por Deus, fazendo memória à campanha “É tempo cuidar” que consiste em arrecadar donativos para ajudar as famílias carentes, principalmente nessa pandemia, e que estes são sinais de Deus, frisou Dom Edilson.

A celebração de Corpus Christi em Oeiras, constou de uma vasta programação durante todo o dia nas três paróquias da cidade, e às 16 h foi celebrada a missa solene presidida por Dom Edilson Nobre e concelebrada pelos padres: Possidônio Barbosa, Jonh Elves, José Francisco da paróquia Nossa Senhora da Vitória; Pe. Benedito Macedo, Paróquia Nossa Senhora do Rosário; Padres João de Deus e Wellington Rodrigues da Sagrada Família; e seminarista Carlos Pereira. Na assembleia, com apenas 25 % da capacidade total da Igreja, a solenidade seguiu as orientações da Diocese de Oeiras, do Governo de Estado e da OMS, observando-se o distanciamento social, a obrigatoriedade do uso de máscara e o uso de álcool em gel, para evitar a disseminação da covid-19. Através das mídias sociais,  centenas de fieis prestigiaram a Celebração.

Após a benção final, de maneira inusitada por conta da pandemia, foi realizada uma carreata com o Santíssimo Sacramento que saiu da Igreja Catedral, em direção à Igreja do Rosário, seguindo em direção à igreja da Sagrada Família, parando no Hospital Regional Deolindo Couto. A solenidade encerrou com a benção com o Santíssimo Sacramento na Igreja Sagrada Família. Durante o percurso, foi coletada cestas básicas como culminância da Campanha “É Tempo de cuidar”.

 

Posts Relacionados

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts

A ESPERANÇA NÃO DECEPCIONA

Esperança não é uma coisa tão fácil, por isso, precisa ser decidida, antes, no coração, como fonte, objetivo e meta. Esperar não é um ato