CANTAR E ANUNCIAR AS MARAVILHAS DO SENHOR!

Compartilhe:

Diz o ditado: “quem canta, seus males espanta!” É verdade, não há ‘mal’ que resista ao bem de um canto.  Porque o canto não só traz alegria e contentamento. O canto é a alegria; é o contentamento. O canto é expressão de algo incontido dentro de alguém. Uma alegria não de lábios ou de dentes. Mas, uma alegria do interior, mesmo sob lágrimas.

Para cantar não é preciso entender de música. Há uma musicalidade inerente à pessoa humana. Aliás, todas as pessoas têm um tino musical. Quem nunca cantou no banheiro?

Na verdade, por ser o banheiro o lugar da mais alta privacidade, ali todos se soltam. Como no quarto! Assim, banheiro e quarto acabam sendo sinônimos de lugar reservado, como o nosso interior; como a nossa intimidade; como o nosso coração.

Por isso é que Jesus disse, certa vez: “…quando você rezar, entre no seu quarto, feche a porta, e reze ao seu Pai ocultamente; e o seu Pai, que vê o escondido, recompensará você” (Mt 6,6). Que outra recompensa que Jesus se refere para a o a oração ‘no quarto’, senão a integração pessoal? É preciso rezar no quarto da intimidade pessoal. É preciso cantar a vida. Diz, também, outro ditado que: “Quem canta reza duas vezes”. Por que não cantar? O que cantar da vida? Quando cantar?

O Salmo 137(136) apresenta essas mesmas inquietações na vida do povo de Deus, no exílio: “Junto aos canais de Babilônia nos sentamos e choramos, com saudades de Sião. Nos salgueiros de suas margens penduramos nossas harpas. Lá, os que nos exilaram pediam canções, nossos raptores queriam diversão: ‘Cantem para nós um canto de Sião!’ Como cantar um canto de Javé em terra estrangeira? Se eu me esquecer de você, Jerusalém, que seque a minha mão direita. Que a minha língua se cole ao paladar, se eu não me lembrar de você, e se eu não elevar Jerusalém ao topo da minha alegria!” (Salmo 137(136),1-6).

Santo Agostinho faz a seguinte afirmação: “o mundo combate contra os soldados de Cristo com duas armas e táticas diferentes. Uma arma é a sedução: sua tática, criar angústia. A outra é o medo: sua tática semear o medo.”

E o que vamos fazer? Parar de lutar? Entregar os pontos? Ceder às forças do mundo exterior? E, por que não o contrário: afirmar a vivacidade e força do interior?”

Motivos não nos faltam para cantar: “Cantem hinos a javé, pois ele fez proezas; que toda a terra as reconheça” (Is 12,5). “Cantem para Javé um cântico novo, pois ele fez maravilhas: sua direita e seu braço santo lhe deram a vitória” (Sl 98,1). “Cantem para ele, ao som de instrumentos, recitem suas maravilhas todas!” (Sl 105,2). “Entoem o agradecimento a Javé, cantem ao nosso Deus com a harpa” (Sl 147,7). “Inspirados pela graça, cantem a Deus, de todo o coração, salmos, hinos e cânticos espirituais” (Cl 3,16).

É preciso cantar! Você pode e deve cantar! Mas não cante de qualquer jeito. Cante as maravilhas de Deus para conseguir cantar a sua própria existência. Para não desafinar é preciso cantar a vida em Deus.

Como Maria cante: “Minha alma proclama a grandeza do Senhor, meu espírito se alegra em Deus, meu salvador, porque olhou para a humilhação de sua serva. Doravante todas as gerações me felicitarão, porque o Todo-poderoso realizou grandes obras em meu favor: seu nome é santo, e sua misericórdia chega aos que o temem, de geração em geração. Ele realiza proezas com seu braço: dispersa os soberbos de coração, derruba do trono os poderosos e eleva os humildes; aos famintos enche de bens, e despede os ricos de mãos vazias. Socorre Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia, conforme prometera aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre.” (Lc 1,46-56)

Acredite no seu canto mesmo que, para os outros, você ‘não tenha voz’.

Cante e se encante novamente. Cante a beleza da vida! Cante! Cante e anuncie as maravilhas do Senhor!

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

QUARESMA: OS TEMPOS MUDARAM!

  O que será que sobrou das nossas quartas-feiras de cinzas: Lembranças?  Saudades? Tradição? Medo? Dúvida? Apreensão? Será que toda essa história de quarta-feira de

LEIA MAIS

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts