ADVENTO: VINDE, SENHOR, NÃO TARDEIS!

Compartilhe:

 

A humanidade vive de esperança. Sob vários aspectos, a esperança é o fio condutor e a meta das pessoas.  Ninguém vive sem esperança. Claro está,porém, que há Esperança e esperança. Nem toda esperança está fundamentada sobre os alicerces da verdade e da durabilidade.

A esperança cristã é uma perene proposta de vida eterna, que deita suas raízes, tanto na história de um povo como na história pessoal. A esperança cristã é fonte de felicidade e realização.

“Assim, justificados pela fé, estamos em paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo. Por meio dele e através da fé, nós temos acesso à graça, na qual nos mantemos e nos gloriamos, na esperança da glória de Deus. E não só isso. Nós nos gloriamos também nas tribulações, sabendo que a tribulação produz a perseverança, a perseverança produz a fidelidade comprovada, e a fidelidade comprovada produz a esperança. E a esperança não engana, pois o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado” (Romanos 5,1-5).

ADVENTO E LITURGIA

A Igreja sempre revive os grandes mistérios da fé, celebrando. Celebrar é viver! Celebrar é reatualizar acontecimentos do passado através de gestos, palavras e ações simbólicas. Celebrar é tornar presente aquilo que o passado registrou na memória histórica e de fé do povo.

Todos os anos nós celebramos o advento. Além de marcar o início de um novo ano litúrgico, o advento abre espaço para revisão de vida e reafirmação da fé.

Desde o início do Cristianismo, a palavra Advento significou a última vinda do Senhor no final dos tempos.  Mais tarde, porém, no século VI, quando a Igreja já havia fixado as festas de Natal e Epifania, Advento passou a significar, também, o tempo de preparação para a celebração da primeira vinda de Cristo, por ocasião de seu nascimento.

PIMEIRO DOMINGO DO ADVENTO 27/11/2022

O grande apelo de fé, para todos nós, no primeiro domingo do advento é a VIGILÂNCIA. A palavra de ordem da liturgia é: “Vigiem, por que a hora do Senhor ninguém sabe.” É preciso estar atento; prestar atenção nas coisas; ter os olhos bem abertos; não se deixar iludir;  O cristão não pode acomodar-se. Não pode adormecer na sua missão. O tempo pode ser inimigo. Os resultados podem não ser os esperados e o entusiasmo tende a diminuir (Lc 12, 35-40).

A vigilância é um exercício de paciência e perseverança que vale a pena investir.

A leituras bíblicas que serão usadas na meditação são as seguintes:

Isaías 2,1-5: “No final dos tempos, o monte do Templo de Javé estará firmemente plantado no mais alto dos montes. Para lá correrão todas as nações. Pois de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra de Javé.”

Salmo 121(122): “Que alegria quando me disseram: ‘Vamos à casa do Senhor’!”

Romanos 13,11-14: “Já é hora de vocês acordarem: a nossa salvação está agora mais próxima do que quando começamos a acreditar.  12 A noite vai avançada, e o dia está próximo. Deixemos, portanto, as obras das trevas e vistamos as armas da luz.”

Mt 24,37-44: “Por isso, também vocês estejam preparados. Porque o Filho do Homem virá na hora em que vocês menos esperarem.”

Anunciamos a vinda de Cristo ao qual proclamamos com alegria: “Bendito o que vem em nome do Senhor”.

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

A AMIZADE DE DEUS

  Nosso Senhor, o Verbo de Deus, que primeiro atraiu os homens para serem servos de Deus, libertou em seguida os que lhe estavam submissos,

LEIA MAIS

QUEREMOS UM MUNDO DE IRMÃOS

Não tem medida os avanços e as recentes conquistas biotecnológicas, médicas, tecno-científicas, genéticas, espaciais, de informática… feitas pela humanidade. Não tem medida, também, por outro

LEIA MAIS

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts