53ª EDIÇÃO DOS PRÊMIOS DE COMUNICAÇÃO DA CNBB (2019-2020) VAI CONTAR COM DUAS NOVAS CATEGORIAS DE PREMIAÇÃO

Compartilhe:

A 53ª Edição dos Prêmios de Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), traz uma novidade duas novas categorias. O prêmio Pastoral “Kerigma”, que visa o reconhecimento e o incentivo de ações desenvolvidas pelas equipes da Pastoral da Comunicação, nas paróquias e dioceses, tendo como critério a implementação das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da CNBB (2019-2023), e o prêmio “Papa Francisco”, que vai reconhecer e incentivar o trabalho dos pesquisadores em comunicação de mestrado e doutorado, que colaboram na reflexão e no trabalho pastoral da Igreja no Brasil.

Até então, o prêmio contemplava apenas trabalhos que destacavam valores humanos e cristãos em trabalhos nas áreas da comunicação e da arte: Cinema (Prêmio Margarida de Prata), Rádio (Prêmio Microfone de Prata), Imprensa (Prêmio Dom Hélder Câmara), TV (Prêmio Clara de Assis) e Internet (Prêmio Dom Luciano Mendes de Almeida).

Esta edição do prêmio vai outorgar novamente com a menção honrosa “irmã Doroty Stang” para pessoas ou trabalhos do mundo da comunicação que se destacarem na promoção de valores humanos e cristãos.

A Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB que organiza o prêmio, lançou no dia 25 de novembro, o edital reformulado da 53ª edição dos Prêmios com cerimônia de entrega prevista para acontecer em outubro de 2021, em Brasília (DF). As inscrições serão abertas entre os dias 22 de fevereiro e 23 de maio de 2021 para trabalhos realizados entre 1 de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2020.

Esta é a primeira vez que os prêmios vão contemplar trabalhos realizados em 2 anos – 2019 e 2020. O motivo foi o cancelamento da premiação em 2020 em razão da pandemia do novo Coronavírus.

Mudanças e aprimoramentos

Nova marca dos Prêmios de Comunicação da CNBB

De acordo com o novo coordenador dos Prêmios de Comunicação da CNBB, Rafael Alberto Alves dos Santos, algumas mudanças foram feitas no prêmio, desde a reformulação da marca até pequenos ajustes nas categorias.

Por exemplo, antes podiam se inscrever apenas longas acima de 70 minutos e curtas abaixo de 40 minutos. As produções entre 40 e 70 minutos ficavam de fora do certame.  Agora o novo edital considera longa acima de 70 e curta abaixo de 70 minutos.

Está em curso também um processo de renovação das instituições que compõem o júri técnico dos Prêmios. Outra mudança, anunciada pela coordenação dos Prêmios de Comunicação da CNBB, é na composição da comissão eclesial de julgamento das obras que se candidatam. A partir desta edição passarão a ser 21 bispos, sendo 3 para julgar as obras inscritas em cada categoria.

O site dos prêmios também foi completamente reformulado, a partir da nova identidade visual. Para acessar e obter mais informações basta entrar no seguinte endereço: www.premios.cnbb.org.br

Acesse a carta de lançamento do edital: Carta de lançamento da 53ª Edição

Acesse o edital aqui: Edital da 53ª edição dos Prêmios de Comunicação

 

FONTE: https://www.cnbb.org.br/

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts