ZUMBI: UM MODELO SEMPRE ATUAL!

Compartilhe:

Quando o assunto é a tecnologia, assistimos a cada dia a uma vertiginosa apresentação das várias novidades tecnológicas. Nos seus vários ramos temos a apresentação de novidades e novidades dentro do mercado, vários modelos, por assim dizer, que são expostos, postos à venda.

Enquanto escrevo este texto penso, por exemplo, nos inúmeros modelos de celulares, tablets etc… dispostos nas lojas do ramo no Brasil e mundo afora. Há também uma inovação dentro do campo da medicina, por exemplo, quanto a questão da realização de exames laboratoriais: é a chamada “medicina instrumental” onde, através dos exames, com aparelhos de última geração, chega-se, de forma rápida e com precisão, às causas das enfermidades várias.

São as novidades que tomam de conta da nossa vida. Entretanto, parece que dentro do campo social vivemos uma escassez quando procuramos por modelos que possam levar adiante o processo da construção de uma sociedade onde todos sejam incluídos, tenham vez e voz.

Hoje, dia 20 de novembro, dia da morte de Zumbi dos Palmares, Dia Nacional da Consciência Negra. Olhamos para o passado e percebemos que Zumbi dos Palmares se constituiu em um modelo não só para os afros brasileiros descontentes com a política imperial, mas com todos aqueles que buscaram a liberdade, que sonharam com um mundo diferente.

A luta que ele empreendeu, a sua consciência de classe, a sua lucidez, o sentido de pertença a um povo, a busca do resgate da dignidade humana foi o que marcou o seu itinerário, toda a sua trajetória: esse é o maior legado de Zumbi dos Palmares.

Que a leitura desse texto, no dia em que celebramos o Dia Nacional da Consciência Negra,  possa levar-nos a refletir sobre a nossa atuação dentro do cenário social. Deixo, no final desse texto, algumas perguntas para a nossa reflexão pessoal ou em grupo:

           1. Na história do Brasil, que modelos de luta pela libertação conheço?

          2. Que aspectos da vida de Zumbi dos Palmares destaco, admiro?

         3. Que pontos sou chamado/a a reforçar na minha vida a fim de que a minha pessoa, mesmo sendo limitado/a, possa ser uma referência, um modelo de compromisso com o resgate da dignidade humana?

Que o testemunho de Zumbi dos Palmares, esse modelo de pessoa comprometida com a dignidade humana, com a liberdade, com a inclusão, leve-nos a prosseguir, a não desistir dos nossos ideais, a não abandonar a luta.

Salve o dia 20 de novembro!

Viva Zumbi dos Palmares!

 

 

Pe. Francisco Barbosa, presbítero católico, pároco da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, Simplício Mendes-PI, Militante do Movimento Negro, novembro 2014

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts