SETEMBRO: MÊS DA BÍBLIA

Compartilhe:

Todos os anos, no mês de setembro, a Igreja chama a todos para voltar-se, com ênfase e especial zelo, para a Sagrada Escritura, estudando um texto ou um livro da Bíblia, para melhorar aspectos importantes do seguimento e da missão que recebemos.

No mês da Bíblia deste ano o livro de estudo é Josué. O Tema é tirado do próprio livro de Josué: “O Senhor teu deus está contigo por onde quer que andes” (Js 1,9).

Existe todo um trabalho em torno desta atividade que envolve o Brasil todo, criando uma dinâmica de participação, inclusive com a produção de subsídios, dentre os quais, um livro de estudo.

Na Introdução do Livro de estudo, fica esclarecido que: “O ‘Mês da Bíblia’ é uma atividade da Igreja do Brasil, iniciada em 1971, e pretende ser um tempo privilegiado para aprofundar o estudo de um livro ou uma temática bíblica. O tema do Mês da Bíblia de 2022 é o Livro de Josué e o lema é ‘O Senhor teu Deus está contigo por onde quer que andes’ (Js 1,9). Eles foram escolhidos pela Comissão Pastoral de Animação Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e por outras instituições bíblicas, entre elas, o Serviço de Animação Bíblica (SAB/Paulinas).”

Na mesma introdução são apresentadas as motivações temáticas: “O motivo principal para a escolha do Livro de Josué é a comemoração dos 200 anos da “Independência do Brasil” (1822). Desse modo, desejamos que, ao estudar a entrada do povo hebreu na Terra Prometida e a distribuição da terra entre as tribos, conforme narra o Livro de Josué, possamos também refletir sobre a importância da terra em nossa história, alimentar a esperança e perceber em toda a trajetória do povo brasileiro a presença benevolente de Deus, que conduz a história.”

Aproveitando ainda das informações presentes na introdução do livro de estudo do mês da Bíblia, “O Livro de Josué, no Antigo Testamento (AT), dá início aos livros denominados históricos, sendo o primeiro na se quência dos escritos bíblicos após os livros que compõem o Pentateuco. Na Bíblia hebraica, isto é, no AT, esse livro está inserido no bloco dos chamados “profetas anteriores”, dado que Josué é considerado um profeta, pois Deus lhe revelou a sua vontade, que deveria ser transmitida ao povo (Js 1,1; 4,15-16), à semelhança de Moisés.”

O livro de Josué é uma viagem interessante para o centro da experiência do Povo de Deus que, liderado por um jovem imbuído do espírito de Moisés, precisa fazer escolhas de fidelidade, tendo em vista a Aliança do próprio Deus presente e atuante em seu meio.

“O tema central do Livro de Josué é a entrada do povo de Deus na Terra Prometida, após a longa travessia pelo deserto, em busca da libertação da escravidão do Egito (Ex-Dt) e do cumprimento das promessas feita aos patriarcas e matriarcas (Gn 12-50). A entrada na terra de Canaã é o resultado da ação conjunta das tribos sob a liderança de Josué. Porém, isso só será possível por causa da presença do Senhor e da fidelidade do povo aos seus mandamentos. Além da tomada de posse da terra (Js 1-12), temos a sua distribuição entre as tribos (Js 13-22).”

Vale a pena entrar nesse estudo e descobrir, em cada página do livro de Josué, a inquietante luta para manter a memória do Deus presente, numa história da libertação e numa caminhada que aponta para a construção de uma grande nação.

 

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts

ACEITAÇÃO AMOROSA DO SOFRIMENTO

Santa Teresinha do Menino Jesus (nascida em 1873), tem um testemunho eucarístico belíssimo. Sua vida, à semelhando do Cristo, está marcada pelo sacrifício da vida-à-serviço