QUEM SE ELEVA E QUE SE HUMILHA

Compartilhe:

 

Eu não sou agricultor, mas, entendo que, aquele que planta espera uma colheita farta e abundante. A cada plantio, lá vai o agricultor preparar a terra! Ara, aduba, mata as pragas, escolhe a semente, semeia, cultiva… Espera a colheita! Afinal, a colheita é a bênção da terra!

Por sua vez, a terra, arada, corrigida, adubada (fertilizada) e cuidada, converte tudo o que recebeu em nutriente necessário (‘cama’) para acolher a semente, fazê-la germinar, crescer e dar frutos. A colheita generosa é produto de uma terra bem preparada. Colhemos pouco quando não preparamos bem a terra.

As plantas necessitam de macronutrientes (carbono, hidrogênio, oxigênio, nitrogênio, fósforo, enxofre, cálcio, magnésio e potássio) e micro nutrientes (boro, cobalto, cobre, ferro, manganês, moliddênio e zinco). Fertilizantes ou adubos são compostos químicos que visam suprir as deficiências em substâncias vitais à sobrevivência dos vegetais. Porque são industrializados, os fertilizantes otimizam o tempo no preparo do solo, entretanto, podem causar poluição de solos e cursos d’água.

O ‘gosto’ da terra, na verdade, é receber esterco ou matéria orgânica para converter tudo isso em húmus (humo). Contando com o tempo necessário e a ajuda de bactérias e fungos, a terra prodigaliza as condições necessárias de solo para o bem das plantas e da colheita.

A condição da terra para a uma boa colheita pode servir de parâmetro para a nossa vida em relação à fé. Para a terra, húmus significa boa colheita. Para a vida de fé, boa colheita só no terreno da humildade.

A Palavra de Deus enfatiza, sempre, a humildade como critério-condição para se produzir bons e abundantes frutos. Humildade é sinônimo de simples, pequeno, modesto, singelo… a mais sublime das virtudes. Etimologicamente, humildade vem do latim Humus, de onde também deriva Homem (Homo sapiens) e Humanidade.

Não é uma coincidência estas palavras estarem vinculadas. O sentido desta vinculação, é, certamente, uma sábia exortação para mantermos com a terra um vínculo eterno e embrionário. Se a humildade está relacionada com solo fértil e produtivo, então precisamos repensar toda a nossa relação com as pessoas e com o universo. A humildade é, por si mesma, espaço de vida e prolongamento da existência.

A ostentação, a soberba, a luxúria, o esnobismo, a autosuficiência, o orgulho… representam o oposto da humildade; é terreno infrutífero; terra seca e, portanto, lugar de produção da morte.

É o próprio Jesus quem afirma no evangelho: “quem se humilha será exaltado e quem se exalta será humilhado” (Lc 14,11). Não vale a pena qualquer tipo de ostentação e soberba. Aliás, a bem da verdade, é desumana e infrutífera qualquer tipo de vida que esteja longe da humildade.

É falsa a vida de quem não busca a humildade, porque seus frutos ficam pecos e quando vingam são amargos, tais como a ilusão, a mesquinhez, a insatisfação e fracasso.

Não é difícil o caminho da humildade. Entretanto, é preciso mudar posturas e práticas, como assevera a Sagrada Escritura: a) Se nos aproximamos de Deus não há porque continuarmos na superficialidade das coisas (Hb 12,18-19.22-24). b) Quem se orgulha, que se orgulhe no Senhor.  Pois é aprovado não aquele que faz recomendação de si próprio, mas aquele que Deus recomenda (2Cor 10,17-11,2). c) O último lugar e os últimos são, na verdade, tesouros escondidos do Reino de Deus (Lc 14,1.7-14). d) O poder do Senhor é grande, mas ele é glorificado pelos humildes (Eclo 3,17-20.28-29). e) Mantenham entre vocês laços de paz, para conservar a unidade do Espírito (Ef 4,1-7.11-13a).

Vejamos com que clareza São Tiago aborda o tema da humildade: “É por isso que a Escritura diz: ‘Deus resiste aos soberbos, e aos humildes dá a sua graça.’  Portanto, sejam submissos a Deus; resistam ao diabo, e este fugirá de vocês. Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês. Pecadores, purifiquem as mãos! Indecisos, purifiquem o coração! Reconheçam a própria miséria, cubram-se de luto e chorem! Humilhem-se diante do Senhor, e ele os elevará” (Tg 4,1-9a.10).

 

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

A AMIZADE DE DEUS

  Nosso Senhor, o Verbo de Deus, que primeiro atraiu os homens para serem servos de Deus, libertou em seguida os que lhe estavam submissos,

LEIA MAIS

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts