ESCUTAR! VIVER ABERTO AO HUMANO E AO DIVINO.

Compartilhe:

 

Dois ouvidos e uma boca! Este é o primeiro dado que informa uma das verdades fundamentais do ser humano: escutar mais e falar menos. Mas, geralmente isso fica invertido: falamos mais e ouvimos menos.

Sendo assim, escutar não é, simplesmente, uma capacidade física ordenada a ouvir e distinguir sons. Escutar é fruto de uma decisão madura e assertiva e, depende de exercícios, diários, de abertura interior e exterior. Escutar é um ato de amor, de liberdade, de lealdade, de fidelidade, de respeito, de responsabilidade, de simplicidade, de conversão e de inteireza de vida.

Escutar é uma atitude de desprendimento que revela a capacidade de silenciar. Isso mesmo: silenciar; não de ficar mudo. Emudecer é uma maneira de dizer que não prestou atenção… não se interessou… não escutou. Não é a mesma situação de quem foi emudecido. A situação do emudecido é de silêncio imposto por coação, constrangimento, ameaça, intimidação, imposição, violência ou força. É a perda do direito de falar e, portanto, restrição à possibilidade de bem-escutar.

A escuta permite o trânsito da palavra, na forma de diálogo, e, ao mesmo tempo, o inter-relacionamento pessoal, positivado pela convivência. Disso se desprende a seguinte compreensão: escutar ultrapassa a ligação com a palavra verbalizada; escutar é estar em sintonia com a palavra toda, totalizada e expressa, também, no silêncio, nos gestos, nos sinais, nos sentimentos, nos afetos, nas necessidades, nas dores, nos sofrimentos, no mistério de cada pessoa e de Deus.

Em última análise, escutar é obedecer.

Vejamos o texto da transfiguração de Jesus em Marcos 9,2-10.

“Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e seu irmão João, e os levou sozinhos a um lugar à parte, sobre uma alta montanha. E se transfigurou diante deles. Suas roupas ficaram brilhantes e tão brancas, como nenhuma lavadeira no mundo as poderia alvejar. Apareceram-lhes Elias e Moisés, que conversavam com Jesus. Então Pedro tomou a palavra e disse a Jesus: ‘Mestre, é bom ficarmos aqui. Vamos fazer três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias.’ Pedro não sabia o que dizer, pois eles estavam com muito medo. Então desceu uma nuvem e os cobriu com sua sombra. E da nuvem saiu uma voz: ‘Este é o meu Filho amado. Escutem o que ele diz!’ E, de repente, eles olharam em volta e não viram mais ninguém, a não ser somente Jesus com eles. Ao descerem da montanha, Jesus recomendou-lhes que não contassem a ninguém o que tinham visto, até que o Filho do Homem tivesse ressuscitado dos mortos. Eles observaram a recomendação e se perguntavam o que queria dizer ‘ressuscitar dos mortos’.”

A obediência, fruto da proximidade operada pela escuta, é uma das maiores virtudes do discípulo de Cristo. Longe e, à distância, não existe discipulado. O discípulo faz o que o mestre manda. Ora, escutar a voz de Deus é o primeiro aprendizado para que possamos ouvir a aos outros e a nós mesmos.

“Na transfiguração, a passagem-chave é a exortação dirigida aos três discípulos: Pedro, Tiago e João: ‘Escutem o que Ele diz’. Na Quaresma se faz necessário abrir os ouvidos para escutar com verdadeira atenção. Não se fazem discípulos que fecham os ouvidos às palavras de seu mestre. Todo discípulo é, primeiramente, de fato e de verdade, um ouvinte. Todavia, é necessário também ouvir os outros; vivemos em comunidades. Tudo leva a considerar o outro como alguém que possibilita o diálogo: falamos e ouvimos a fim de construir verdadeira humanidade. Às vezes fica a impressão de que temos grande facilidade de ouvir os meios de comunicação, discursos os mais diversos, até mesmo alguma música. Porém não temos a mesma facilidade para escutar alguém. Transformamo-nos em consumidores de ruídos e, negando os sons da fraternidade, esvaziamo-nos de nós mesmos” (Revista Pastoral, comentário evangelho da transfiguração).

Permitir-nos à escuta, é a única maneira de conservar, em nós, a dimensão dialogal da vida. Porque, escutar é viver aberto ao humano e ao divino!

 

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts