Dom Juarez toma posse como 8º arcebispo de Teresina em solenidade na catedral de Nossa Senhora das Dores

Compartilhe:

A Praça Conselheiro Saraiva, no coração da capital piauiense, ficou pequena para a quantidade de fiéis que vieram prestigiar a solenidade de posse de Dom Juarez Marques Sousa da Silva como 8º arcebispo metropolitano de Teresina. A celebração aconteceu no patamar da catedral de Nossa Senhora das Dores e contou com a presença do Clero, religiosos e religiosas, leigos e leigas, seminaristas e todo o povo de Deus, das 8 dioceses que compõem o Regional Nordeste 4 (Piauí) e de várias dioceses do Brasil.

Estiveram presentes os bispos Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos (Sobral-CE), Dom Júlio César Souza de Jesus (bispo auxiliar de Fortaleza-CE), Dom José Francisco Rodrigues do Rêgo (Ipameri-GO), Dom Pedro Brito Guimarães (Palmas-TO), Dom José Gonzáles Alonso (bispo emérito de Cajazeiras-PB), Dom Zanoni Demettino Castro (Feira de Santana-BA), Dom Adair José Guimarães (Formosa-GO), Dom Francisco de Assis Gabriel dos Santos (Campo Maior-PI), Dom Marcos Tavoni (Bom Jesus do Gurgueia-PI), Dom Edilson Soares Nobre (Oeiras-PI), Dom Edivalter Andrade (Floriano-PI), Dom Eduardo Zielski (São Raimundo Nonato-PI), Dom Plínio Luz (Picos-PI) e Dom Alfredo Schaffler (bispo emérito de Parnaíba-PI)

Marcaram presença também autoridades civis, entre elas o governador do Piauí, Rafael Fonteles e a primeira-dama Isabel Fonteles; o vice-governador Temístocles Filho;  o prefeito de Teresina, Dr. pessoa;  o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Franzé Silva;  a secretária de Assistência Social do Piauí, Regina Sousa; o deputado estadual Fábio Novo e o presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador Hilo de Almeida, entre outras.

A solenidade de posse teve início no portão principal da Praça Saraiva, onde Dom Juarez foi recebido pelo arcebispo emérito e administrador apostólico da Arquidiocese de Teresina, Dom Jacinto Furtado, e pelo pároco da catedral padre Clebert Viana de Carvalho. No início da celebração, o chanceler da Cúria Arquidiocesana, diácono Roberto Caminha fez a leitura das Letras Apostólicas vindas do Santo Padre o Papa Francisco apresentando Dom Juarez como novo arcebispo da Arquidiocese de Teresina. O decreto foi lido publicamente na presença do Clero e de todos os presentes, conforme as normas do Código de Direito Canônico da Igreja Católica.

“Querido, Dom Juarez, 1º piauiense a se assentar na cátedra desta Arquidiocese como arcebispo. A filha do sol do Equador se rejubila por esse fato e se orgulha deste filho que nos é dado. Todos em um só coração oram por você, nosso arcebispo, apoiando o início do seu ministério episcopal. Já são 7 anos seguidos que todo domingo na santa missa eu rezo para que Deus dê a esta Igreja um bom pastor”, disse Dom Jacinto em sua mensagem ao início da celebração.

Dom Jacinto também desejou que Nossa Senhora das Dores, padroeira da Arquidiocese, o acolha e o guie em sua missão de pastorear esta porção do povo de Deus presente em Teresina. Ele também lembrou que Dom Juarez possui um vínculo de proximidade com a Arquidiocese, onde colaborou durante muito tempo: “Alguém que como você, meu irmão, fez mestrado em história da Igreja na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma não será difícil inserir-se na história desta igreja visto que, embora, seja natural de Barras, na Diocese de Campo Maior, certamente aqui bem representada, seu maior tempo de ministério transcorreu em Teresina, quer como professor, quer como reitor do seminário”, destacou.

Ao fim de suas palavras, Dom Jacinto entregou o báculo pastoral a Dom Juarez, que tomou assento na cátedra. O báculo é o mesmo uado por Dom Severino Vieira de Mello. Em seguida, foram convidados para fazer a saudação ao novo arcebispo os bispos presentes, o colégio de consultores, um leigo, uma religiosa, um seminarista, os padres da Arquidiocese, os diáconos permanentes e as autoridades civis.

Em sua primeira homilia na condição de arcebispo metropolitano de Teresina, Dom Juarez agradeceu os relevantes serviços prestados por Dom Jacinto à Arquidiocese e expressou o desejo de contar com a colaboração do arcebispo emérito na condução pastoral da Igreja particular de Teresina: “Dirijo-me, fraternalmente, ao meu querido irmão, Dom Jacinto Furtado, meu predecessor, a quem agradeço pela amizade, pela acolhida, tantas vezes manifesta. Em cujo mérito do pastoreio, reconheço e admiro. Dom Jacinto, o senhor pertence a este povo, a este presbitério, a esta Igreja. Com o senhor, rejubilamos pelos seus 25 anos de vida episcopal, que celebraremos aqui nesta mesma catedral no dia 24 de maio. Como emérito, conto com a sua colaboração”, disse.

Dom Juarez também falou da alegria de servir à Arquidiocese como seu 8º arcebispo e destacou que a Igreja de Teresina é conhecida pela pela sua forte atuação em favor dos pobres, com incontáveis projetos e organismos voltados para a ação social. Finalizando, ele garantiu que será um pastor próximo do todos e que vai dialogar com as diversas instâncias e setores, não somente da Igreja, mas da sociedade de uma forma geral: “Renovo aqui entre vós, amados irmãos e irmãs, o meu compromisso de lutar pela vida em plenitude. Contem com a minha proximidade. Sou um homem simples, do povo. Quero estar próximo de todos. O meu propósito de proximidade será realizado aqui. Contem com a minha proximidade de pai, de irmão e de amigo. Eu também conto com todos vocês. Prossigamos juntos, como Igreja sinodal, esta que deve ser a grande marca da nossa caminhada”, finalizou.

Ao fim da celebração, houve um momento de pronunciamentos de acolhida ao novo arcebispo. Falaram ao microfone Aldecir Teixeira, que falou em nome dos leigos, o governador Rafael Fonteles, em nome das autoridades civis, o padre Tony Batista, em nome do Clero, e o bispo de Campo Maior em nome dos bispos do Regional Nordeste 4 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

 

FONTE: https://cnbbne4.org.br/dom-juarez-toma-posse-como-8o-arcebispo-de-teresina-em-solenidade-na-catedral-de-nossa-senhora-das-dores/

Posts Relacionados

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts

ORAÇÕES DESCONCERTANTES

 Saber orar é a maior de todas as conquistas da fé porque, ao mesmo tempo que indica maturidade espiritual, revela o nível de conversão, obediência,

NOSSO CORAÇÃO SE DILATOU

Nós temos muita coisa a aprender com o coração. Muitos, já escreveram e falaram coisas muito profundas sobre o “fazer do coração” que vale a