Dom Juarez celebra missas em ação de graças e abençoa cisternas concluídas pelo CEFAS do projeto p1+2

Compartilhe:

O Centro Educacional São Francisco de Assis – CEFAS celebrou nos dias 02 e 03 de fevereiro de 2015 nos municípios de São João da Varjota e Santa Rosa do Piauí missas de benção das cisternas concluídas pelo Programa P1+2.

As Celebrações presididas pelo Bispo Diocesano D. Juarez Sousa Silva, com a participação dos padres João de Deus e Julielmo, transmitida pela FM Educativa Cristo Rei; reuniram as famílias beneficiada das comunidades de três municípios assistidos pelo programa (São João da Varjota, Santa Rosa do Piauí e Cajazeiras do Piauí); autoridades municipais, Sindicatos Rurais e lideranças comunitárias.

As Celebrações foram momentos vivos de expressão da alegria do povo e agradecimento a Deus pela conclusão de um projeto que vem trazer a transformação das suas realidades.

Ao final das celebrações o Coordenador Joselito Santos, fez uma síntese da execução do projeto pelo CEFAS, ressaltando que o Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2) é uma das ações do Programa Um Milhão de Cisternas- P1MC – Formação e Mobilização Social para Convivência com o Semiárido; articulado pela ASA, financiado com recursos do BNDES e executado pelo CEFAS.

Durante a sua fala ressaltou a importância do desenvolvimento das comunidades a partir das implantações das cisternas e dos barreiros-trincheira, tecnologias sociais desenvolvidas a partir do objetivo do programa que é fomentar a construção de processos participativos de desenvolvimento rural no Semiárido brasileiro e promover a soberania, a segurança alimentar e nutricional e a geração de emprego e renda às famílias agricultoras, através do acesso e manejo sustentáveis da terra e da água para produção de alimentos.convivência com o semiárido para a captação e armazenamento de água para produção de alimentos no período de seca.

Informou que o projeto disponibilizou para os quatro municípios assistidos (São João da Varjota, São Jose do Peixe, Santa Rosa do Piauí e Cajazeiras do Piauí), 181 tecnologias sociais, assim distribuídas: 100 cisternas-calçadão com capacidade individual de 52.000 litros, 50 cisternas-enxurrada com a mesma capacidade e 31 barreiros-trincheiras com capacidade de 500.000 litros cada, gerando uma capacidade total de armazenamento de 23 milhões de litros de água.

Destacou ainda que todas as famílias contempladas foram capacitadas para a gestão desta água bem como para as técnicas de produção e o resultado disso e que muitas já estão produzindo e gerando renda familiar.

???????????????????????????????

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts