Dom Edilson Nobre cria a Paróquia São José no município de Bela Vista do Piauí

Compartilhe:

Foi criada e instalada nesta terça-feira, 23 de julho de 2019, a Paróquia São José, município de Bela Vista do Piauí, Diocese de Oeiras. Centenas de pessoas participaram da cerimônia, onde também, por meio da provisão canônica tomou posse o Pe. José Francisco de Sousa, como seu primeiro pároco.

A Celebração Eucarística foi presidida pelo Bispo Diocesano de Oeiras, Dom Edilson Soares Nobre, concelebrada pelos padres da diocese de Oeiras e contou com a participação de seminaristas, autoridades locais e um grande número de fieis vindos da comunidade local e das demais comunidades que integram a paróquia, além das caravanas de paróquias vizinhas.

Após a saudação inicial feita pelo bispo diocesano, foi feita a leitura do Decreto de Criação Canônica da Paróquia e Provisão do novo Pároco.

Na sequência, o Padre José Francisco, tocando com as mãos a Escritura Sagrada, fez o juramento de fidelidade perante o bispo e a comunidade, pelo fato de estar assumindo um novo ofício em nome da Igreja.  Depois, a liturgia prosseguiu como de costume, com o ato penitencial, hino de louvor e Liturgia da Palavra.

Dom Edilson, em sua reflexão, destacou alguns pontos que justificam a importância de uma paróquia no contexto sócio eclesial e a missão que compete ao sacerdote ao exercer a função de pároco como colaborador do bispo no múnus de ensinar, santificar e governar o povo de Deus assumindo a fisionomia do Cristo Bom Pastor.

Após a homilia, começou propriamente o rito de posse do novo pároco. O Pe. José Francisco de Sousa recebeu das mãos de Dom Edilson Nobre a chave da Igreja, lembrando de que o pároco deve ser o facilitador do acesso das pessoas à casa que proporciona o encontro com Cristo. O padre foi conduzido até o sacrário onde fez por um instante de silêncio e oração em prol dos fiéis a ele confiados. Foi ainda conduzido ao Batistério e o Confessionário, lugares que são próprios da missão do presbítero que se coloca a serviço do seu povo. Na sequência a celebração seguiu o rito normal com as preces dos fiéis e o rito eucarístico.

Ao termino da celebração, foram feitas algumas saudações ao novo pároco. Por fim, o Padre José Francisco de Sousa fez uso da palavra agradecendo a Deus a oportunidade da nova missão e prontificando-se a corresponder de forma digna e coerente o novo encargo que lhe foi confiado. Dando prosseguimento, o Bispo Diocesano concluiu a cerimônia com a bênção final.

Leia o Decreto de Criação da nova paróquia da diocese de Oeiras:

 

DECRETO DE CRIAÇÃO CANÔNICA E INSTALAÇÃO DA PARÓQUIA  

SÃO JOSÉ – BELA VISTA

 

Considerando a necessidade de promover e assegurar o bem espiritual dos fiéis confiados a nossa solicitude pastoral, ouvindo o Colégio de Consultores, conforme o Cânon 515, § 1º e 2º do Código de Direito Canônico, DECRETAMOS, que fica criada a PARÓQUIA SÃO JOSÉ, em Bela Vista – PI, desmembrada da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, de Simplício Mendes – PI.

A Igreja Matriz da nova Paróquia será a atual Igreja de São José, em Bela Vista – PI, localizada na Rua Vereador Virgílio Valentim Marques, S/N – Centro, à qual, a partir desta data, competem todos os direitos de Igreja Paroquial, de acordo com as vigentes prescrições do Código de Direito Canônico.

A referida Paróquia será sediada na cidade de Bela Vista – PI, abrangendo todo o território do município de Bela Vista, com as seguintes delimitações de Pontos Cardeais: ao Norte, o município de Simplício Mendes – PI; ao Leste, os municípios de Conceição do Canindé – PI, Simplício Mendes – PI, Campo Alegre do Fidalgo – PI e São Francisco de Assis do Piauí; ao Sul, o município de Nova Santa Rita – PI e Campo Alegre do Fidalgo do Piauí; e ao Oeste os municípios de Simplício Mendes – PI e Nova Santa Rita – PI.

Seja a Paróquia estavelmente constituída como “comunidade de comunidades” e como comunidade de fiéis aos cuidados do Pároco, como seu pastor próprio, em comunhão com a autoridade diocesana, centro dinamizador da vida e da comunhão da Igreja, para a maior glória de Deus e bem dos fiéis.

O presente Decreto deverá ser lido publicamente na instalação da nova Paróquia, e serão enviadas cópias do mesmo aos Párocos das Paróquias limítrofes já mencionadas. Seja este decreto transcrito e registrado nos livros da Cúria Diocesana em Oeiras e da nova Paróquia sempre para constar.

De acordo com os cânones 535 e 537 do CIC, a Paróquia São José deverá ter além do carimbo oficial, os livros paroquiais, devidamente abertos e rubricados, a saber, do Tombo, de batismos, e de matrimônios, e organizar, no prazo máximo de 01 ano, os Conselhos Paroquiais de Pastoral (CPP) e o Conselho de Assuntos Econômicos e Administrativo (CAEA), caso estes ainda não existam.

Por fim, determinamos que lavre-se a Ata competente e seja registrada no livro Tombo da paróquia.

Dado e passado nesta cidade e Cúria Diocesana de Oeiras, aos vinte e três dias do mês de julho do ano de dois mil e dezenove.

 

+Edilson Soares Nobre

Bispo de Oeiras

 

Pe. Kleyton Vieira da Silva

Chanceler da Cúria

Posts Relacionados

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts