A VIDA NÃO ESTÁ PRONTA PARA NINGUÉM!

Compartilhe:

Em nós, tudo é limitado! Porém, isso não quer dizer que sejamos incapazes e impotentes ou que as coisas, para nós, são impossíveis e irrealizáveis. Não! Não é uma questão de competência, força ou capacidade. É uma questão de natureza. Nossa natureza é limitada. Nós somos humanos e, por isso, limitados!

Não dá para fazermos nada, direito e bem feito, contra a nossa natureza. A consciência sobre nossos limites é que nos faz enxergar novos horizontes de mil possibilidades. A vida é campo aberto para a realização humana. Nada é impossível! Nada é irrealizável! Mas, é preciso estar claro que estamos cheios de limitações; limitações de tempo, de recursos, de meios; de técnica, de conhecimentos, de saúde, de força, de entusiamo, de motivação… limitações humanas. Naturais limitações humanas.

Ora! Quem pode algo contra a limitação do sono. Não dá para trabalhar, dirigir… viver sem o merecido descanso trazido pelo repouso. Quem pode algo contra a fome, a sede, a saudade, a dor, a idade, os desejos, as vontades, as enfermidades, as inseguranças… a morte.

Não é contra a nossa natureza que devemos lutar, mas em seu favor! Em favor da nossa vida, tal qual ela é; sem máscaras ou disfarces. O que somos é o que somos! Não dá para fugir!

Precisamos tomar consciência de quem somos nós para lidarmos, de maneira harmônica, com tudo o que for verdadeiramente humano em nós; sem neuras; sem revolta, sem culpas. Conheça-se a si mesmo! Aceite-se a si mesmo! Lute por você mesmo! Porque, melhor que você, para você mesmo, não há ninguém! Mas, se você não se aceita, não se quer bem e não se ajuda, quem poderia fazer algo em seu favor? Penso que ninguém!

Tome uma postura de fé na vida. “Tenha coração reto, seja constante e não se desvie no tempo da adversidade. Una-se ao Senhor e não se separe, para que você no último dia seja exaltado. Aceite tudo o que lhe acontecer, e seja paciente nas situações dolorosas (…). Confie no Senhor, e ele o ajudará; seja reto o seu caminho, e espere no Senhor” (Eclo 2,2-6).

Aceite as próprias limitações, fazendo disso, uma aceitação da própria vida. E saiba de uma coisa, “esse tesouro nós o levamos em vasos de barro, para que todos reconheçam que esse incomparável poder pertence a Deus e não é propriedade nossa. Somos atribulados por todos os lados, mas não desanimamos; somos postos em extrema dificuldade, mas não somos vencidos por nenhum obstáculo; somos perseguidos, mas não abandonados; prostrados por terra, mas não aniquilados. Sem cessar e por toda parte levamos em nosso corpo a morte de Jesus, a fim de que também a vida de Jesus se manifeste em nosso corpo. De fato, embora estejamos vivos, somos sempre entregues à morte por causa de Jesus, a fim de que também a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal” (2Cor 4,7-11).

Há uma revolução a ser feita em você; uma verdadeira transformação pessoal! A vida não está pronta para ninguém. “Somos nós que fazemos a vida”. Lembra-se daquela música do Gonzaguinha: O que é, o que é? Veja que letra!

“Eu fico com a pureza das respostas das crianças: é a vida! É bonita e é bonita!

Viver e não ter a vergonha de ser feliz. Cantar, e cantar, e cantar, a beleza de ser um eterno aprendiz. Ah, meu Deus! Eu sei que a vida devia ser bem melhor e será, mas isso não impede que eu repita: é bonita, é bonita e é bonita!

E a vida? E a vida o que é, diga lá, meu irmão? Ela é a batida de um coração? Ela é uma doce ilusão? Mas e a vida? Ela é maravilha ou é sofrimento? Ela é alegria ou lamento? O que é? O que é, meu irmão?

(…)

Faça de sua vida a melhor descoberta de toda a sua existência! Viva! Viva! Viva!

Por: Pe. Edivaldo Pereira dos Santos

Foto: Google

Posts Relacionados

FELIZ NATAL PARA O ANO NOVO!

Os meios de comunicação sempre prestam um importante serviço, enquanto mantêm as pessoas informadas. São milhares de informações presentes nas numerosas notícias.  Na medida em

LEIA MAIS

ANO
JUBILAR

AMIGOS DO
SEMINÁRIO

ESCOLA
MISSIONÁRIA
DISCÍPULOS DE
EMAÚS - EMIDE

Facebook

Instagram

Últimos Posts

Pe. Carlos Alberto Nascimento, SDB

  Congregação dos Salesianos de Dom Bosco (Sociedade de São Francisco de Sales) Data de Nascimento:07/08/1987 Data de Ordenação Sacerdotal: 08/12/2018       Endereço: