Notícia da Diocese

Mensagem de agradecimento à Irmã Nora Tavares

Autor:

Oeiras, 08 de julho de 2018.

Querida Irmã Nora!

Saudações em Cristo Jesus!

 

Eu desejei ardentemente estar aí com a senhora e demais membros da comunidade de Cajazeiras do Piauí nesta ocasião de ação de graças pelos seus relevantes serviços prestados à nossa Igreja Diocesana e, principalmente, a este povo que aí se encontra. Infelizmente, compromissos firmados me impedem de cumprir tal desejo. Porém, faço-me representado pelo padre Julielmo e venho, através destas linhas escritas externar a minha gratidão, por todo o seu empenho, a sua entrega e o seu zelo pastoral evidenciados não somente aí na Paróquia de Santa Rosa, mas em todo a extensão de nossa Diocese de Oeiras, sobretudo na colaboração dada à Fazenda da Esperança e ao projeto “Crianças e Adolescentes de Paz promovendo Vida” junto a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade que se encontram no bairro do Canela em Oeiras.

A sua presença, a sua ação e o seu testemunho junto a este povo foi, certamente, de grande valia e muito contribuiu para o crescimento e edificação desta comunidade e das comunidades que integram este município e esta paróquia. Mas agora, querida irmã, por circunstâncias da missão é hora de ouvir o chamado do Mestre Jesus Cristo: “Avança para águas mais profundas, e lançai vossas redes para a pesca” (Lc 5,4). Foi assim que ele falou a Pedro. Teria Pedro naquele instante compreendido a ordem do Mestre? Ora, Pedro e seus companheiros já haviam lançado as redes anteriormente e nada conseguiram pescar. A resposta de Pedro, no entanto, foi surpreendente: “Mestre, nós trabalhamos a noite inteira e nada pescamos. Mas, em atenção à tua palavra, vou lançar as redes” (Lc 5,5). E mais surpreendente foi o resultado desta pescaria: “Apanharam tamanha quantidade de peixes que as redes se rompiam” (Lc 5,6). Então, Irmã Nora, neste momento o Senhor lhe chama: “Vamos seguir para outros lugares, às aldeias vizinhas, a fim de que Eu pregue ali também, pois foi para isso que vim”, disse Jesus. Vá minha irmã! Siga na direção que lhe estão enviando. Vá com o sentimento do dever cumprido e com a certeza de que a semente foi lançada e os frutos serão colhidos. Cada nova experiência representa real possibilidade de crescimento pessoal, humano, afetivo e espiritual. Saiba que contará com nossas orações.

Que Nossa Senhora da Vitória acompanhe os seus caminhos e seja a sua protetora.

Por fim, invoco a bênção de Deus sobre a sua pessoa, a sua nova jornada, a sua congregação, a quem sou muito grato, e sobre este povo de Deus que se encontra em Cajazeiras do Piauí e em Santa Rosa, em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

 

 

Dom Edilson Soares Nobre

Bispo Diocesano de Oeiras

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *